domingo, 28 de fevereiro de 2010

ESTA É DEMAIS...VEJA...

Marca de lingerie faz campanha pelo divórcio dizendo que “só Jesus é fiel”
Por
Renato Cavallera em sábado, 27 fevereiro 2010
Seguindo com o conceito “Você não imagina do que uma Duloren é capaz”, a agência Agnelo Pacheco Rio coloca em veiculação mais uma campanha polêmica da marca de lingeries. Com o título “Só Jesus é fiel”, a companhia pretende “defender a postura da mulher de pensar em trocar de marido ou namorado quando ela se sentir abandonada ou rejeitada por ele”.
Para Marcos Silveira, diretor de criação da campanha, “a mulher Amélia não existe mais.
Hoje, quem não dá atenção à mulher que tem, corre o risco de perdê-la. A fila anda!”. Segundo pesquisa realizada no final do ano pela agência, 420 mulheres das classes A e B, entre 20 e 35 anos, foram entrevistadas e 74% delas afirmaram já ter trocado de parceiro por falta de carinho, companheirismo e atenção.
A campanha estará em mídia impressa e em cerca de 30 mil ponto-de-venda de todo o País.
FONTE:
M&M / Gospel+

ECUMENISMO

Audiência do Papa a uma delegação de luteranos da América: relançar o diálogo, num ecumenismo fundado na oração e na conversão a Cristo
Relançar o dialogo entre luteranos e católicos iniciado de maneira prometedora após o concilio Vaticano II foi o desejo expresso pelo Papa Bento XVI a uma delação da igreja evangélica luterana recebida no final da audiência geral numa pequena sala da Aula Paulo VI onde decorreu a audiência geral.
Desde o inicio do meu pontificado – disse o Papa - senti - me encorajado pelo facto de as relações entre católicos e luteranos terem continuado a crescer, especialmente a nível de colaboração pratica ao serviço do Evangelho.
Bento XVI auspiciou que o continuo diálogo luterano - católico nos Estados Unidos e a nível internacional ajude a construir com base nos acordos alcançados até agora.
O Santo Padre salientou a concluir que para isso serve um ecumenismo espiritual fundado numa oração ardente e numa conversão a Cristo
FONTE:
RADIO VATICANO

FRANÇA: TEMPESTADE "XYNTHIA"

França: Tempestade “Xynthia” faz, pelo menos, 40 mortos
Por Redacção

A tempestade “Xynthia”, que durante o fim-de-semana tem vindo a assolar o Centro e o Norte de França, já provocou a morte de, pelo menos, 40 pessoas.

Os números, provisórios, foram avançados pela Protecção Civil francesa. A região da Vendeia, no Oeste do país, foi a mais castigada pelo mau tempo, com 12 vítimas mortais já confirmadas.Além das vítimas mortais, o mau tempo deixou mais de um milhão de casas sem electricidade. A tempestade “Xynthia” já é considerada a pior intempérie a atingir a França desde 1999, quando o mau tempo provocou a morte de 88 pessoas.

FONTE:
A BOLA - PORTUGAL
17:12 - 28-02-2010
http://www.abola.pt/mundos/ver.aspx?id=195338

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Dor. E agora?

Dor. E agora?
Escrito por Editora Faz Bem

Das Dores, Dos Remédios, Saúde, Alívio. Você também deve conhecer alguém com um desses nomes. Pessoas que no nome ou no corpo passam pela vida como se fosse um vale de dor, gemidos e lágrimas. Nos leitos de hospitais, em camas caseiras, nas esquinas, ruas e praças, há alguém dolorido. Mulheres e homens, cada um com sua estrutura, estão suportando dores mais ou menos intensas. Conviver com elas significa quase nenhum prazer, simpatia e ânimo. Em alguns, ela é lenta, em outros é rápida e fulminante. Acompanha-nos desde o nascimento e por vezes tira o fôlego, nos muda de cor, paralisa, derruba, nos leva a condição de desespero e total dependência. Percebemos que alguns seres em momentos de dor extrema têm atitudes positivas. Tranqüilidade e esperança estão em suas palavras e gestos. Isso é possível por quê?

Aquele que suportou sobre si o fardo de todas as pessoas, sentindo a dor que não merecia, não escondeu as lágrimas, não reprimiu calafrios agonizantes. A dor foi tamanha que fez transpirar gotas de sangue, explodiu o coração comprimido. Apesar dos espinhos cravados na cabeça, mãos e pés transpassados, peito perfurado, sede e vergonha massacrantes, esse homem teve equilíbrio emocional, esperança profunda, confiança exemplar. Entre dores carnais e espirituais deu orientações, fez recomendações, perdoou e transplantou o coração ladrão do bandido crucificado ao lado.

Ele se preocupou com a dor de seus familiares, amigos e inimigos. Horas antes de ser condenado injustamente, lavou os pés imundos dos discípulos. Deu graças e repartiu o pão. O Mestre que foi desfigurado sabia o fim desde o começo, porém, não antecipou as dores. Isso lhe diz algo? O Libertador foi rejeitado e desprezado por todos; não era bonito nem simpático, nem tinha nenhuma beleza que atraísse a atenção. Ninguém se importou com ele. Andou na contramão, correu todos os riscos, se contorceu, aceitou o cálice mais amargo, pagou alto preço para que nossas feridas fossem saradas.

Infelizmente, é grande o número de pessoas que carregam uma pesada cruz e não conseguem fazer dela uma ponte para a vida. A coroa de espinhos, que penetra na cabeça, não lhe lembra que o Rei está no comando? Nossas dores ofuscam a visão, impedindo de olhar para cima, de onde vem o socorro. Temos dificuldade para entregar o espírito nas mãos do Pai. A exemplo do malfeitor preso no madeiro; reclamamos, duvidamos, padecemos pendurados na descrença. Sugamos da esponja do gólgota todo liquido entorpecente, escolhendo a inconsciência em vez da razão. Sujeitamos-nos a dar o grito da maioria, liberamos o Barrabas anônimo e levamos para a nossa cruz de cada dia o Famoso Carpinteiro. Esquecemos que só nele o coração pode descansar, não importa o turbilhão de emoções negativas.

Em meio à dor, é possível aprender, ensinar, morrer para caprichos pessoais, reviver. O amor cura. “As montanhas podem desaparecer, os montes podem se desfazer, mas o meu amor por você não acabará nunca”. A declaração narrada por Isaías, no verso dez do capitulo cinqüenta e quatro, é do autor da mais importante obra: nós. Ele prometeu cessar a dor e o pranto. Dá novas forças aos cansados, dá alento, lenitivo para você. Os sussurros da alma, consciente ou não, são sentidos no amorável coração. Não há uma dor sequer que não seja percebida. O Redentor lhe compreende. Debruce a cabeça pesada de preocupação sobre o peito dele, e ouvirá em cada pulsação: “Acalme-se! O Poder que criou o céu, a terra, o mar e tudo que neles há, está à sua disposição”.

Experimente se refugiar no esconderijo do Senhor da vida. Valorize o sacrifício salvívico. O Cordeiro que tira a dor do mundo, com gemidos inexprimíveis sofreria tudo sozinho, só por você. Se for seu desejo, peça agora fôlego de esperança. Confie, relaxe, faça a sua parte.

J.Washington F. Alves é jornalista, radialista e escritor.
Acessos:
voce@fazbem.com
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
http://www.editorafazbem.com/

Texto extraído do livro E agora? A pergunta da vida.

Poluição

Descoberta no Atlântico ilha formada por lixo de plásticos
por FILOMENA NAVESHoje'Ilha' de lixo situa-se entre os 22 e os 38 graus de latitude norte, ao largo de Miami

Não se lhe conhece a dimensão exacta, nem o impacto ambiental, ou os efeitos na cadeia alimentar, mas a confirmação aí está: à semelhança do que acontece no Pacífico Norte, também no Atlântico Norte, numa extensa zona localizada entre a costa leste da Florida e as Bermudas, existe uma enorme lixeira flutuante, para onde convergem plásticos de todos os tamanhos e feitios.
A descoberta daquela "ilha" feita de lixo de plástico foi anunciada em Portland, nos Estados Unidos da América, na conferência Ocean Sciences Meeting, que hoje ali termina.
Durante as duas últimas décadas, investigadores da Sea Education Association, uma organização para a investigação oceânica daquele país, recolheram dados na região, num total de 6100 recolhas de amostras com redes puxadas ao longo de diferentes percursos no Atlântico, junto às Caraíbas, e no Atlântico Norte, ao largo da costa leste norte-americana.
Em mais de metade dos percursos, os investigadores recolheram plásticos que flutuavam à superfície do mar, juntamente com organismos marinhos.
O problema dos resíduos de plástico no Atlântico tem sido "muito ignorado", afirmou à BBC News a coordenadora da investigação, Kara Lavender Law, da Sea Education Association, sublinhando que a sua equipa identificou uma região "a norte, no oceano Atlântico, onde os lixos de plástico parecem estar concentrados", permanecendo ali durante longos períodos de tempo.
"Mais de 80 por cento dos pedaços de plástico que recolhemos nas redes foram encontrados entre os 22 e os 38 graus norte, portanto temos uma latitude onde este lixo está a cumular-se", adiantou a mesma investigadora à BBC News.
De acordo com os dados recolhidos pelos investigadores, a larga maioria dos restos de plástico tem origem em produtos de embalagens destinadas aos consumidores ou em sacos de plástico, e não têm mais de um centímetro de dimensão.
A densidade máxima destas manchas de lixo flutuante encontradas pela equipa foi de 200 mil pedaços de plástico por quilómetro quadrado. "Isto é comprável à ilha de plástico flutuante que existe no Pacífico", explicou Kara Lavender Law.
Resta saber qual é o impacto deste lixo na vida marinha, na região. Os investigadores sabem que muitos seres marinhos consomem este plástico, o que tem impacto negativo nas aves, mas tudo isso está ainda por estudar.

FONTE

http://dn.sapo.pt/inicio/ciencia/interior.aspx?content_id=1504953&seccao=Biosfera

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

ESPANHA

Subida do Guadalquivir desaloja 1500 pessoas
Hoje

A subida do nível das águas do rio Guadalquivir, provocada pelas chuvas dos últimos dias, deixou 1500 pessoas desalojadas em várias zonas de Andaluzia, no Sul de Espanha.
"400 lares, o que significa de 1200 a 1500 pessoas, foram evacuados nas províncias de Sevilha, Córdova e Jaen, segundo um comunicado do Governo regional.
O tráfego foi interrompido em 20 estradas da comunidade andaluza e as autoridades regionais mobilizaram cinco centenas de socorristas. As chuvas fizeram encher as barragens, que neste momento se encontram a 80% das suas capacidades.
FONTE:
DN GLOBO

Sarkozy

Sarkozy admite erros operacionais da França durante o genocídio de Ruanda
Presidente afirmou que Operação Turquesa começou 'tarde demais'.É a primeira visita de um chefe de Estado francês ao país após conflitos.
Da France Presse
25/02/10 - 10h15 - Atualizado em 25/02/10 - 12h07

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, reconheceu nesta quinta-feira (25) em Kigali, em Ruanda, "graves erros de apreciação" da França e da comunidade internacional durante o genocídio de 1994 que ocorreu no país africano. O líder francês também homenageou as vítimas, que, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), chegaram a cerca de 800 mil pessoas. "O que aconteceu aqui é inaceitável, mas obriga a comunidade internacional, o que inclui a França, a refletir sobre seus erros que impediram prevenir e deter esse crime espantoso", declarou Sarkozy durante uma entrevista coletiva à imprensa ao lado do presidente ruandês, Paul Kagame.

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, é ajudado pelo ministro francês das Relações Exteriores, Bernard Kouchner, após pisar em falso em escada ao sair do avião (Foto: AP)
Entre as falhas cometidas, Sarkozy citou "uma forma de cegueira quando não vimos a dimensão genocida do governo do presidente que foi assassinado (Juvénal Habyariama). Além disso, cometemos erros na Operação Turquesa, que foi realizada tarde demais (...)". A Operação Turquesa foi uma medida militar e humanitária iniciada pelo Exército francês em junho de 1994, três meses depois do início do genocídio. O presidente francês pediu que os responsáveis pelo genocídio sejam encontrados e castigados. "Não há nenhuma ambiguidade. Disse ao presidente Kagame: os que fizeram isso, onde quer que estejam, devem ser encontrados e castigados", declarou. Depois do genocídio de 1994, o governo de Paul Kagame acusou a França de cumplicidade por ter apoiado Juvénal Habyarimana. Paris sempre rejeitou a acusação.

O atentado que matou Habyarimana, de etnia hutu, desencadeou uma onda de ataques que resultou no genocídio. A maior parte das vítimas foi da população pertencente à etnia minoritária do país, os tutsis. A rivalidade entre os dois grupos étnicos em Ruanda é histórica.
Pouco antes, Sarkozy homenageou as vítimas do massacre ao visitar o momumento fúnebre erguido em Kigali. "Em nome do povo francês, me inclino ante às vítimas do genocídio dos tutsis (...), a humanidade manterá para sempre a memória destes inocentes e de seu martírio", escreveu Sarkozy no livro de ouro do monumento fúnebre.O chefe de Estado francês, acompanhado dos ministros ruandeses das Relações Exteriores, Louise Mushikiwabo, e da Cultura, Joseph Habineza, respeitou um minuto de silêncio diante de 14 fossas comuns do monumento, onde foram enterrados os corpos de mais de 250 mil vítimas, e depositou uma coroa de flores. Sarkozy, ao lado de seu ministro das Relações Exteriores, Bernard Kouchner, e de uma delegação francesa, visitou durante cerca de 20 minutos o museu que relata a história de Ruanda da colonização belga até o genocídio. A visita de Sarkozy, a primeira de um presidente francês desde o genocídio, ocorreu três meses depois da retomada oficial das relações diplomáticas entre os dois países.

FONTE:

http://g1.globo.com/Noticias/Mundo/0,,MUL1505062-5602,00-SARKOZY+ADMITE+ERROS+OPERACIONAIS+DA+FRANCA+DURANTE+O+GENOCIDIO+DE+RUANDA.html

Alemanha

Religiosa cessa funções por guiar alcoolizada
Hoje

Chefe da Igreja Protestante, a primeira mulher a ocupar o cargo, foi apanhada pela polícia a conduzir embriagada
A presidente do Conselho da Igreja Protestante na Alemanha (EKD) demitiu-se ontem, após ter sido interceptada pela polícia ao volante do carro de serviço a passar um sinal vermelho com 1,54 g/l de álcool no sangue.

"Cometi um grave erro, de que me arrependo profundamente, e não quero ignorar que a minha autoridade como chefe da Igreja Protestante foi abalada, o meu coração diz-me claramente que não posso continuar em funções", afirmou a bispa Margot Kässman ao anunciar a demissão.
O caso ocorreu no sábado à noite, no centro de Hanôver, sede do bispado regional também dirigido por Margot Kässmann.
A bispa protestante, 51 anos, tinha-se tornado há apenas quatro meses a primeira mulher a liderar os 25 milhões de protestantes alemães. "Lamento ter desapontado os que confiaram em mim", acrescentou.
O lugar de Kässmann passará a ser ocupado interinamente pelo vice-presidente do EKD, o pastor protestante Nicolas Schneider, 61 anos, que é conhecido pelo seu empenho social e político.
Após uma conferência telefónica de emergência, os 14 outros membros do EKD reiteraram a confiança em Kässmann, mas delegaram nela a decisão final.
A taxa de alcoolemia que a pastora protestante acusou após as análises ao sangue num hospital ultrapassava o limite de 1,1 g/l, deixando de ser uma infracção para passar a ser um delito punido com um ano de apreensão da carta de condução e coima de pelo menos um mês de salário.
FONTE:
DN GLOBO

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Espionagem

Os míticos serviços secretos do Estado judaico
por LUMENA RAPOSO - Hoje
Não há país no mundo que não tenha os seus serviços secretos, o seu grupo de espiões, que recolhem informações para prevenir situações de agressão por parte de inimigos, tanto internos como externos. Muitos desses serviços, ou as suas operações, têm sido temas de livros e de filmes. A Mossad é um tema central da longa-metragem 'Munique' de Steven Spielberg - que conta como Israel se vinga da morte dos seus atletas, em 1972, pelo comando palestiniano Setembro Negro. Os britânicos, por exemplo, revêem-se no simpático - e mulherengo - espião James Bond, o agente do MI6 de Sua Majestade...
O assassínio em Janeiro, num hotel de luxo do Dubai, de Mahmoud al-Mabhouh, um dos fundadores da ala militar do Hamas, voltou a colocar a Mossad sob as luzes da ribalta. Oficialmente, os serviços secretos israelitas nada tiveram a ver com o caso mas, como afirmam várias fontes "a operação tem a marca da Mossad".
Criada em Dezembro de 1949 pelo então primeiro-ministro David Ben-Gurion, a Mossad tinha como um dos seus principais objectivos defender o jovem país através da recolha de informações. Ao longo do tempo, porém, as operações foram sendo diversificadas, consoante as "necessidades" do Estado judaico. E se para garantir a sobrevivência de Israel for necessário eliminar os seus inimigos, pois que o seja. O executor do plano não irá perder o sono por isso.
E foram os sucessos dessas operações que criaram, ao longo de seis décadas, a fama de invencível a este serviço secreto que opera preferencialmente fora das fronteiras do Estado de Israel e que responde directa e exclusivamente ao seu primeiro-ministro. A Mossad também registou fracassos .
Uma das primeiras operações acreditada à Mossad nada tem de violenta e ajudou a cimentar as relações entre Israel e os EUA: em 1956, Washington recebeu o discurso que Nikita Krutchov iria fazer no XX Congresso do PC soviético e onde denunciava o estalinismo. Uma situação verdadeiramente embaraçosa para Moscovo.
O rapto de Eichmann (ver texto ao lado) em 1960, a colocação de um agente em Damasco - embora mais tarde (1965) descoberto -, a libertação dos passageiros do avião da Air France, que fora desviado para Entebe (1967), são outras tantas operações que a Mossad realiza com sucesso. Assim como também toda a informação que ajudou Israel a vencer a Guerra dos Seis Dias, em 1967. A destruição do reactor nuclear iraquiano, em 1981, é também uma das operações bemn sucedidas da Mossad, assim como foi a de Janeiro no Dubai: um comando de 18 pessoas, munidas de passaportes europeus, consegue actuar sem ser detido. Tal como actuaram, na sua maioria sem serem detectados, todos os que, desde o massacre de Munique (1972), vingaram os atletas israelitas mortos naquela cidade alemã por um comando palestiniano.
Fracassos? O mais importante foi não terem conseguido prever a Guerra do Yom Kippur, em 1973, que poderia ter levado à derrota do Estado de Israel.
FONTE:
DN GLOBO
http://dn.sapo.pt/inicio/globo/interior.aspx?content_id=1502853&seccao=M%E9dio Oriente

Ofrecía sus servicios sexuales por Internet

El cura que se prostituía confesó en misa que sacaba el dinero de su parroquia
AGENCIAS / ATLAS. 24.02.2010
-
El sacerdote confesó que había cogido el dinero.
-
Gastó 17.000 euros para líneas eróticas y prostíbulos.
- Ofrecía sus servicios sexuales por Internet.
- Sus feligreses han mostrado su malestar por la noticia.

El sacerdote de 27 años, que fue cesado por el Arzobispado de Toledo como párroco de Noez y Totanés (Toledo), confesó que había "sacado dinero" de las hermandades el pasado 7 de febrero. En total 17.000 euros, que habría empeñado en líneas eróticas, páginas web de contenido sexual y prostíbulos.
Precisamente ese desfalco económico, y no sus escándalos sexuales, provocó el cese del párroco tras un año de servicio, pero el escándalo ha ido más allá: el párroco se prostituía y ofrecía sus servicios sexuales por Internet. Se prestaba a todo, menos al sadomasoquismo. Pedía 50 euros por 15 minutos de sexo, según se puede leer en la página de contactos en la que se anunciaba.
"Creo que ha salido algo sucio en Internet. Es lo que he oído a gente del pueblo porque nosotros, de Internet, ni idea", aseguraba Félix Fernández, un jubilado de Noez.
Malestar entre los vecinos
Sin embargo, los vecinos han demostrado su malestar por lo ocurrido. "Ha sentado muy mal en el pueblo porque llevaba aquí tres días, como quien dice, y se ha llevado los dineros de las Hermandades y quién sabe si también algo más que se había dado para Haití", ha comentado Félix desde el centro de día para mayores.
Al parecer, todos los mayores de este centro de día que también alberga una vivienda tutelada habían recaudado dinero para ayudar a Haití y se lo habían entregado al sacerdote, pero ahora dudan de que lo hiciera llegar a su destino. Una opinión similar tienen dos vecinas del mismo municipio, Elena Agudo y Natividad Ruiz, que conocían al párroco destituido desde que llegó el pasado otoño y que le veían todas las semanas cuando acudía a oficiar la misa.
"Está muy mal y feo lo que ha hecho, qué le vamos a hacer", dice Elena en tanto que Natividad matiza "el disgusto" que se han llevado sus feligreses y los vecinos del municipio. Ésta también afirma que "no esperábamos ésto de él, venía todos los sábados, decía misa y era simpático" y también recuerda que ya el pasado domingo (21 de febrero) no acudió a oficiar "porque dijo que tenía que resolver un asunto en Toledo y no podía venir". Una joven madre lamenta los hechos. "Mi hijo iba a la catequesis y ahora te da por pensar", dice. En Gálvez un familiar del párroco admite que la familia, y en particular los padres del sacerdote, se encuentran "muy mal" desde que se enteraron de la noticia la semana pasada.
FUENTE:
20 MINUTOS - ESPAÑA

Saúde

Fogão a gás pode causar câncer
24/02/2010

Passar o dia em frente a um fogão a gás pode ser prejudicial para a saúde. Um novo estudo aponta que o gás pode aumentar a probabilidade de a pessoa desenvolver certos tipos de câncer.
O risco seria maior para cozinheiros profissionais. As partículas supostamente cancerígenas não seriam liberadas durante o uso de um fogão elétrico.
Uma forma de evitar riscos, mesmo usando fogões a gás, seria a instalação de um bom exaustor.
FONTE:
OPINIÃO E NOTÍCIA
http://opiniaoenoticia.com.br/vida/saude/fogao-a-gas-pode-causar-cancer/?ga=dst2

ESTUDO

Pobreza deixa marcas biológicas nas crianças
por FILOMENA NAVES - Hoje

Primeiros cinco anos de vida são decisivos para o desenvolvimento cerebral e a carência extrema produz sequelas irreversíveis
A teoria política já o disse e a psicologia mostrou-o: a pobreza que afecta as crianças tem efeitos negativos e duradouros no seu de-senvolvimento. Mas agora um ambicioso estudo de cientistas norte-americanos conseguiu ir mais além, ao demonstrar que essa condição se repercute a nível neurobiológico e na saúde para o resto da vida.
Os resultados foram apresentados na conferência da American Association for the Advacement of Science, na Califórnia, e os autores apontam a necessidade de novas estratégias sociais para prevenir o problema.
"A pobreza pode modificar profundamente a neurobiologia da criança muito pequena, porque ela está em desenvolvimento", afectando todo o percurso da sua vida, afirmou o sociólogo Greg Duncan, da Universidade da Califórnia, um dos autores do estudo.
O pediatra e investigador Thomas Boyce, da Universidade de British Columbia, no Canadá, e co-autor, explicita: "Descobrimos que as crianças que crescem em ambientes desfavorecidos reagem ao stress de forma desproporciada, e conseguimos medir isso através de avaliações hormonais e neurológicas, utilizando scaners cerebrais, e mais recentemente com análises genéticas."
São múltiplos os níveis de complexidade e a dimensão que estes efeitos da pobreza podem atingir, segundo os autores. Eles podem repercutir-se nas principais funções biológicas, ou em circuitos específicos do cérebro e até no mecanismo molecular que activa e desactiva as funções dos genes, adiantam.
Para medir o impacto sócio-económico daquelas sequelas biológicas - a "biologia da miséria", como lhe chamou Jack Shonkoff, especialista em desenvolvimento infantil da Universidade de Harvard - Greg Duncan analisou os rendimentos médios e a duração do emprego de 1589 adultos nascidos entre 1968 e 1975, nos EUA. E avaliou também os rendimentos das famílias de cada um deles durante os cinco primeiros da sua vida, um período decisivo para o desenvolvimento cerebral. Isso envolveu a observação de vários parâmetros, desde a educação escolar ao número de horas de trabalho, tipo de alimentação, apoios sociais, estado de saúde e história judicial.
Segundo os autores, este foi o primeiro estudo com medições sistemáticas deste tipo nos EUA, o que permitiu quantificar conclusões. Exemplo: um aumento de três mil dólares anuais nos rendimentos de uma família pobre, através de um apoio social, quando há filhos com menos de cinco anos, traduz-se mais tarde num aumento de 17 por cento nos rendimentos destes filhos quando já são adultos trabalhadores. Estes tendem a uma maior estabilidade laboral também.
Referindo-se à realidade dos EUA, os autores sublinham que as suas conclusões "mostram que as políticas de apoio social a famílias desfavorecidas com crianças pequenas produzem resultados tangíveis". Esta conclusão não será difícil de generalizar.
FONTE:
DN CIÊNCIA -PORTUGAL

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Como separar problemas do passado individual para que eles não afetem o casamento?
Levamos para dentro do casamento questões mal resolvidas vividas com nossos pais no passado infantil e na juventude? Como evitar influências negativas do passado na vida conjugal?
Quando casamos não tem como “zerar” nosso passado e levar para a vida conjugal um “eu” novo, sem nenhuma influência do que ocorreu afetivamente ao longo da infância e juventude. A própria atração que ocorre no namoro e noivado envolve questões ligadas à busca afetiva, inconsciente, do que sentimos que faltou ou existiu no relacionamento com nossos pais (ou cuidadores) no passado. Por exemplo, se você teve um pai agressivo e autoritário, é provável que, como mulher, tenha tendência de se atrair por homem também autoritário e agressivo. Se você é uma mulher autoritária e agressiva, terá a tendência de se aproximar de um homem passivo e submisso para atuar com ele semelhante ao que via em seus pais.
De maneira inconsciente os cônjuges fazem um tipo de pacto para recriar situações problemáticas do passado que existiam na família de origem de cada um. Esposo ou esposa não pensam conscientemente: “Vou repetir o que existiu na casa de meus pais dentro do meu casamento.” Não é algo consciente assim. Não é deliberado, programado, mas uma motivação, uma inclinação, uma tendência para repetir a história passada.
Saímos de nossa infância e adolescência necessitando ajustes emocionais dentro de nós. Alguns vêm para a vida adulta com muitas feridas afetivas, e outros com menos. Umas pessoas crescem com muitos conflitos não solucionados que geram transtornos mentais, complicações nos relacionamentos adultos, doenças psicossomáticas, até problemas sociais.
Aquilo que a pessoa não conseguiu resolver individualmente dos relacionamentos passados na família de origem, é recriado na família atual, no casamento. Algumas não aguentando a dor e as complicações dentro do casamento, justamente por estas questões mal resolvidas suas e do cônjuge, se separam e tendem a envolver-se com outra pessoa também complicada que poderá fornecer a repetição, mais uma vez, do conflito básico ainda vivo.
Os conflitos emocionais pessoais que cada cônjuge traz do passado estão na mente de cada parceiro e acabam passando para o relacionamento entre eles. Então, numa briga conjugal há, pelo menos, duas dimensões do conflito, uma consciente e outra inconsciente, uma objetiva e outra subjetiva:
(1) Discussão por algo pontual daquele momento. Exemplos: “Você nunca me ouve!”, “Você não coloca limites para seus parentes invadirem nossa privacidade!”, “Você é alegre com estranhos e fechado comigo e com nossos filhos!”, e
(2) O que era originariamente solicitado aos pais e que se espera receber do cônjuge. Correspondendo aos exemplos acima, teríamos: “Papai nunca me ouvia!”, “Meus pais permitiam estranhos invadir nossa casa sem colocar limites!”, “Minha mãe era super sociável com estranhos e dura demais com os filhos!”.
Parece que todas as pessoas têm certos aspectos emocionais ainda não resolvidos com seus pais. Uma educadora norte-americana escreveu: “Na disciplina dada durante os primeiros anos da infância, os pais estão produzindo impressões duradouras sobre as mentes de seus filhos. É nestes anos iniciais que eles estão colocando o fundamento do caráter.” Ellen G. White, Manuscript Releases, vol.7, pág. 8. “As lições dadas durante os primeiros anos da vida determinam o futuro da criança.” Review and Herald, 9 Outubro 1900.
“Os problemas dentro do casamento serão mais graves na direta proporção em que houve mais fragmentações afetivas familiares na família de origem.” Maggie Scarf, “Casais Íntimos”, 1990. Ou seja, quanto mais problemática foi sua vida com seus pais, mais complicados poderão ser os conflitos no seu casamento. Muitos que casam para fugir dos problemas que têm com um dos pais ou ambos, geralmente levam os problemas consigo para dentro do casamento. Uma pessoa pode desenvolver independência sadia permanecendo com seus pais até casar e uma pessoa pode fugir da casa de seus pais e continuar dependente.
Como separar problemas do passado individual para que eles não afetem o casamento?
(1) Não é afastando geograficamente da família de origem necessariamente. Você pode tornar-se sadiamente independente e viver próximo da sua família de origem, ou pode até mudar de país e no sentido interior, emocional, nunca ter se separado dos pais.
(2) Envolve lutar para modificar de forma individual as ligações afetivas originais carregadas exageradamente em algo menos limitante. Exemplo: Se você teve relacionamento muito próximo com seus pais, cheia de abraços, beijos, diálogo, sempre juntos, você precisa aliviar um tanto esta forte necessidade de intimidade, ao invés de cobrar do cônjuge o mesmo padrão de conduta que existia na sua família de origem. Você também precisa de privacidade e pode não perceber isto. Ao contrário, se você veio de uma família que era cada um para seu lado, sem comunicação, tudo separado, você precisa aliviar este isolamento, e se aproximar mais de seu cônjuge. Você pode precisar de aproximação e não perceber isto.
(3) Procure obter a capacidade para ser diferente dos pais e não sentir esta diferença como um perda ou traição do modo de uma família funcionar. Em seu casamento você, seu cônjuge e filhos podem precisar de algo diferente do que existiu em sua vida individual e familiar no passado.
Escrito por Dr. Cesar Vasconcellos de Souza

África do Sul

Plano poderia travar contágio da sida até 2015

É possível parar a transmissão do vírus do VIH na África do Sul até 2015. Quem o afirma é Brian Williams, um epidemiologista amplamente reconhecido pelo seu trabalho de pesquisa sobre a sida. O especialista acredita que um rastreio universal e a aplicação de anti-retrovirais em todas as pessoas infectadas poderia reduzir drasticamente o contágio da doença neste país africano.
Durante uma conferência anual da Associação Americana para o Avanço da Ciência, Williams afirmou que medicar os seis milhões de sul-africanos infectados custaria cerca de dois a três mil milhões de dólares por ano. "Temos usado drogas para salvar vidas, mas não para parar a infecção", defendeu Willliams, que quer ver traçados objectivos mais ambiciosos.
FONTE:
DN GLOBO

Aedes modificado

Um mosquito transgênico contra a dengue
23/02/2010

Cientistas norte-americanos e britânicos estão alterando a genética do Aedes Aegypti para suprimir sua população.
O objetivo dos cientistas é que os machos transgênicos de Aedes Aegypti que eles estão criando cruzem com fêmeas para gerar outras fêmeas que herdem um gene que limita o crescimento das asas, criando uma população de mosquitos com capacidade de voar limitada.
A dengue afeta até 100 milhões de pessoas por ano em todo o mundo. Os cientistas dizem que o método pode ser usado para conter a propagação de outras doenças transmitidas por mosquitos, como a malária.
Fontes:

G1 - Cientistas criam mosquito transgênico para conter dengue

http://opiniaoenoticia.com.br/vida/ciencia/um-mosquito-transgenico-contra-a-dengue/?ga=plto

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

LA MAFIA

La mafia echa sus redes en España
Camorra y 'Ndrangheta se extienden en Madrid, Barcelona y Costa del Sol y dominan el mercado de la cocaína
VERÓNICA BECERRIL ROMA

Mientras que Alemania es el país del blanqueo de dinero de las mafias italianas, y sirve de punto de encuentro para la venta de armas del Este, España se ha convertido en la puerta de acceso de la mafia italiana al narcotráfico procedente de Iberoamérica. Cosa Nostra, la Camorra y la ´Ndrangheta hace tiempo que dejaron de ser un problema interno italiano para convertirse en una realidad global que afecta a toda Europa, y que se extiende de forma progresiva por los cinco continentes.
La mafia siciliana, Cosa Nostra, sigue manteniendo sus principales bases operativas en Estados Unidos. La camorra napolitana, por su parte, se expande principalmente por España e Iberoamérica. Pero durante los últimos años la mafia que más se ha extendido fuera de Italia es la ´Ndrangheta calabresa, que controla el mercado mundial de la cocaína en estrecho contacto con los narcos colombianos y mexicanos, y que se ha asentado sobre todo en España y Alemania.
Vivir en la sombra
Hasta el presente se ha hablado poco sobre esta mafia porque la delincuencia organizada calabresa es un tipo de organización criminal que gusta de permanecer en la sombra, al margen del mundo mediático. Aunque en los últimos meses, acciones como la manifestación de inmigrantes en Rosarno, a principios de año, o las bombas a la entrada del Tribunal de Reggio Calabria, en enero, han desencadenado una preocupación social que hasta el momento no existía por simple desconocimiento del problema.
El presidente de la Comisión Parlamentaria Antimafia hasta 2008, Francesco Forgione, se ocupó personalmente de la redacción de un informe sobre esta organización que él bien conoce al estar enraizada en la región que le vio nacer. El documento, presentado ante la Unión Europea, ponía de manifiesto el poder de la ´Ndrangheta a nivel internacional, lo que llevó a Estados Unidos a incluir a esta organización entre las diez más peligrosas del mundo, equiparándola a la propia Al Qaida.
Según han constatado a ABC magistrados y policías de las regiones de Campania, Calabria y Sicilia, el verdadero poder de las mafias italianas estriba en su gran capacidad económica, que en tiempos de crisis en las finanzas mundiales constituye una sólida reserva. Francesco Forgione señala en su último libro, «Mafia Export. El modo en que ´Ndrangheta, Cosa Nostra y Camorra han colonizado el mundo», cómo Europa debería estar atenta a pequeñas señales, como el aumento de las detenciones de mafiosos fuera de Italia.
En los últimos nueve años han sido arrestados más de 150 cuadros dirigentes de Cosa Nostra, la Camorra y la ´Ndrangheta fuera de las fronteras italianas. Desde el año 2000, en España han sido detenidos 36 jefes mafiosos incluidos en la lista de los más peligrosos de los tres principales grupos mafiosos italianos.
Los camorristas napolitanos se asientan principalmente en Madrid y Barcelona, donde viven y operan varios capos del temido clan «Alianza de Secondigliano». Pero también en la Costa del Sol: en Fuengirola, donde se ha instalado el Clan Lauro, y sobre todo en Marbella, donde son varios los clanes asentados en la zona.
Cosa Nostra, en cambio, se expande poco geográficamente. En Europa, prefieren también España, donde en 2000 y 2001 fueron arrestados dos de sus más importantes jefes.
La ´Ndrangheta de Calabria, por su parte, se concentra en la capital española, donde está localizado el clan narcotraficante de Pannunzi; en Algeciras, donde se asienta la «cosca» -como se llaman los grupos criminales en Calabria- Cicero; y en Palma de Mallorca, punto emblemático de control de varios grupos ´ndranghetistas.
Las principales «inversiones» de estas tres familias mafiosas para el blanqueo de capitales en España son las compras de hoteles, restaurantes, discotecas e inmuebles de todo tipo, no sólo villas de lujo, como podría pensarse.
La caída de Santo Maesano
Uno de los ejemplos que mejor evidencia el poder de la ´Ndrangheta en España fue el arresto, el 20 de mayo de 2002, de Santo Maesano, jefe de la familia homónima, que controla el mercado europeo de la cocaína. Cuando Maesano fue internado en la prisión de Valdemoro, comentaba a sus afiliados que era como estar en un hotel sin restricción alguna, por lo que desde allí siguió llevando adelante la «empresa familiar».

FUENTE:

ABC - ESPAÑA

http://www.abc.es/20100222/internacional-internacional/mafia-echa-redes-espana-20100222.html

Afganistán

La OTAN mata a 33 civiles en el sur de Afganistán
La ISAF bombardea un 'convoy' con mujeres y niños que confundió con insurgentes talibanes
REUTERS - Kabul - 22/02/2010

Un bombardeo de las fuerzas de la OTAN en Afganistán (ISAF) ha matado a 33 civiles en la provincia de Uruzgan, al sur del país, según el gobierno afgano. Entre los fallecidos hay cuatro mujeres y un niño. Los civiles, que se aproximaron a una unidad conjunta de la OTAN y el ejército afgano, fueron confundidos con insurgentes, sobre quienes se desplegó ayer el ataque aéreo.
Entre las víctimas se encuentran otros 12 heridos, según ha informado el Ministerio de Interior afgano. "Las tropas de la ISAF sospechaban de que varios vehículos de civiles escondían insurgentes y los bombardearon", ha explicado Zamari Bashary, portavoz de Interior. La presidencia afgana ha calificado el suceso como "injustificable" y ha condenado el ataque "en los términos más enérgicos posibles".
Según el presidente del consejo provincial de Uruzgan, se trataba de tres minibuses en los que las víctimas viajaban a través de un paso en el distrito de Char Cheno.
"Ayer, un grupo de sospechosos insurgentes, que se creía que se dirigían a atacar el campamento conjunto de la ISAF y las tropas afganas, se vieron enfrascados en un bombardeo aéreo que produjo algunos muertos y heridos", ha informado el mando estadounidense a través de un comunicado. Las tropas no se dieron cuenta de que se trataba de civiles hasta que llegaron al lugar del bombardeo y descubrieron a mujeres y niños entre las víctimas.
"He dejado claro a nuestras fuerzas que estamos aquí para proteger al pueblo afgano y matar o herir civiles sin querer mina su confianza en nuestra misión", ha declarado el jefe de las fuerzas extranjeras en Afganistán, el general Stanley McChrystal. La OTAN ha comenzado una investigación.
Es la segunda vez que un ataque de la ISAF se salda con varios civiles muertos desde que comenzó la operación Mushtarak ('Juntos', en dari). El pasado 14 de febrero, 12 personas murieron en lo que, en un principio, la OTAN calificó como un error.
El peor episodio se produjo el pasado verano en Kunduz, cuando un ataque aéreo de la OTAN, bajo mando alemán, mató a 90 personas entre las que se encontraban numerosos civiles en plena campaña electoral alemana. El incidente provocó la dimisión del jefe del mando alemán y del entonces ministro de Defensa.
Las bajas civiles se están convirtiendo en la principal causa de fricción entre las tropas extranjeras y el Gobierno afgano en su primera ofensiva conjunta. El objetivo de la operación, en la que participan 15.000 soldados y que se desarrolla en torno a la localidad sureña de Marjah, es expulsar a los talibanes de sus bastiones en la provincia de Helmand y dar el control de estas zonas a las autoridades afganas. La operación fue anunciada semanas antes de que comenzara con la intención de prevenir a la población civil y, según el jefe del Comando Central de EEUU, el general David Petraeus, es solo la primera campaña dentro de una gran ofensiva contra los talibanes que durará de 12 a 18 meses.
FUENTE:
EL PAIS - ESPAÑA

¿Quién puede cerrar una página web?

¿Quién puede cerrar una página web?
El anteproyecto de Ley de Economía Sostenible contempla el cierre de sitios para hacer frente a las descargas en Internet de contenidos con derechos de autor

El pasado 8 de enero, el Consejo de Ministros presentó el anteproyecto de Ley de Economía Sostenible (LES), que conforma un paquete de medidas que afectan a diferentes áreas y ministerios. Su objetivo es armonizar la economía española para que salga de la actual crisis. Entre las medidas que recoge, una disposición final, que modifica varias leyes relativas a la propiedad intelectual e Internet, ha creado una gran polémica. La misma pretende hacer frente a las descargas de contenidos sin autorización de explotación por parte de sus titulares, mediante el cierre de páginas web. Pero, ¿cuáles? ¿Puede verse la página del usuario afectada por esta medida? Una comisión formada por miembros de las industrias culturales, políticos y representantes de los usuarios tomará esta decisión si considera que el sitio vulnera los derechos de propiedad intelectual de los titulares demandantes.
Autor: Por ANTONIO DELGADO Y JORDI SABATÉ
Fecha de publicación: 22 de febrero de 2010

- Imagen: Jacob Bøtter
Efectos directos en los usuarios
El anteproyecto de Ley presentado en el Consejo de Ministros contempla la creación de la Comisión de la Sección Segunda, dependiente del Ministerio de Cultura, formada por miembros de las industrias culturales, políticos y representantes de los usuarios. Esta comisión tendrá potestad para cerrar una página web en el caso de que se considere que la misma vulnera los derechos de propiedad intelectual de los titulares demandantes. En el primer borrador del anteproyecto, la figura del juez no aparecía en ningún momento, por lo que se entendía que el cierre se llevaría a cabo de espaldas al poder judicial.
Asociaciones de internautas denuncian la ambigüedad de la figura del juez, que sólo se pronuncia sobre una sentencia emitida, pero no la juzga
Este hecho levantó polémica entre la comunidad internauta al entender que en una democracia el poder legislativo (los políticos) no podía arrogarse funciones del poder judicial (los jueces) y que una disposición de este tipo violaba varios derechos fundamentales de los usuarios. Después de la revuelta generada, el Gobierno decidió tener en cuenta la figura de un juez de la Audiencia Nacional como garante de que, con el cierre de un sitio web, no se violan derechos fundamentales.
Este juez sería el encargado de estudiar si con la acción del cierre se daña la libertad de expresión en la página que es objeto de la denuncia. Se pretende garantizar que la Comisión de la Sección Segunda será una herramienta para velar por los derechos de los autores y no un arma de represión política y social.
Ahora bien, este magistrado no podrá resolver si el cierre responde a infracciones de la legalidad en la vulneración de derechos, es decir, no podrá determinar si la página vulnera los derechos de propiedad intelectual o no y, por tanto, está justificado su cierre, ya que sólo está autorizado a pronunciarse tras la orden emitida por la Comisión. Por otro lado, para agilizar esta medida, el juez sólo tendrá cuatro días para emitir un veredicto sobre la violación de derechos en el cierre.
En consecuencia, las asociaciones de internautas han denunciado la modificación de la LES por la ambigüedad que representa la figura de un juez que sólo puede pronunciarse sobre una sentencia emitida, pero no juzgar la misma, que además ha dictado un "tribunal civil" del que formaran parte, en su mayoría, representantes de la parte afectada.
¿Cómo afectará la LES a los usuarios?
En principio, podría cerrarse todo blog que recoja enlaces, citas, fotografías u otros contenidos culturales con Copyright sin permiso de sus autores
Según diferentes análisis jurídicos de expertos en derecho, propiedad intelectual e Internet, la medida deja la puerta abierta para que pueda cerrarse cualquier página web que haya cometido una vulneración de la propiedad intelectual por pequeña e involuntaria que sea. De este modo, colgar una fotografía ajena en un blog o un vídeo de Youtube en una página personal podría ser motivo de cierre. Llegar a este extremo no quiere decir que cualquier página de los usuarios esté en peligro, puesto que el objetivo de la norma no es perseguir a los consumidores de contenidos culturales, sino a los sitios que proveen de ellos sin permiso de explotación ni pago de derechos y que concurren en la infracción con claro ánimo de lucro.
Los usuarios que se descarguen contenidos de las redes P2P no cometen delito ni corren peligro de que se les vaya a cortar la conexión
Ahora bien, en principio, podría cerrarse todo blog que contenga enlaces, citas o incluya fotografías u otros contenidos culturales con Copyright sin permiso de sus autores. Además, si el sitio carece de publicidad, también le afecta la norma, ya que el anteproyecto hace hincapié en que la medida se dirige a cualquier página web, con o sin ánimo de lucro, que cause un daño patrimonial tanto directo como indirecto. Donde no entra la ley es en las descargas realizadas por los usuarios en plataformas como Emule o BitTorrent, o cualquier otro sistema. En España esta actividad no es delito ni tampoco se pueden aplicar cortes en la conexión a la Red.
En otras palabras, la norma tampoco garantiza que jamás pueda llegarse a tal extremo, y lo cierto es que todo blog y sitio web, por muy personal que sea, dispone de enlaces a contenidos que pertenecen a terceros, puesto que ésta es la esencia de Internet y el denominado hipertexto.
Empresas con su base de negocio en la Red han manifestado su preocupación por la inseguridad jurídica que esta medida puede generar en el sector
En conclusión, la norma no aclara si se podría utilizar el hecho de enlazar a contenidos de terceros como motivo, o excusa encubierta, de cierre. Tal como declara el activista y periodista Fernando Berlín, "la Ley de Economía Sostenible es ambigua y podría utilizarse contra la libertad de expresión". El abogado David Bravo va más allá y la tilda de inconstitucional.
Por otra parte, diferentes empresas que tienen en la Red su base de negocio han manifestado su preocupación por la inseguridad jurídica que esta medida puede generar en el sector de la innovación y las nuevas tecnologías. Consideran que una normativa que deja la puerta abierta al cierre de páginas sin pasar por un juez, y mediante una comisión que implica a miembros de diversos sectores económicos, podría lesionar con facilidad la libre competencia en favor de los intereses de los comisionados.
FUENTE:
CONSUMER EROSKI
http://www.consumer.es/web/es/tecnologia/internet/2010/02/22/190976.php

Israel

Detalhes de um assassinato na internet
22/02/2010

Os detalhes de assassinato de Mahmoud al-Mabhouh, um comandante do grupo terrorista Hamas, encontrado morto em Dubai, estão expostos para qualquer um ver. Assassinatos políticos em geral são feitos em silêncio, mas desta vez, até mesmo imagens da câmera de segurança do hotel visitado Mabhouh foram parar na internet.
Os vídeos mostram não o assassinato em si, mas todos os detalhes que levaram até ele. A operação foi uma mostra de ineficiência do Mossad, o serviço secreto israelense, normalmente eficiente em encobrir este tipo de ação.
Assassinatos em locais remotos são mais fáceis de encobrir do que em grandes centros. Mesmo em Dubai, a facilidade não é mais a mesma.
Fontes:
OPINIÃO E NOTÍCIA

domingo, 21 de fevereiro de 2010

SAÚDE - ASSISTA

Cientistas registram imagens do coração por dentro; assista
Graças a sofisticados aparelhos de ultrassonografia, cientistas da Universidade de Freiburg, na Alemanha, e do Imperial College de Londres conseguiram imagens inéditas do fluxo de sangue dentro do coração.
A cor azul marca o sangue passando pelo lado direito do coração em direção aos pulmões.
O vermelho e o amarelo representam o sangue que vem dos pulmões, passa pelo lado esquerdo do coração e é bombeado para o resto do corpo.
Os cientistas esperam que, no futuro, esse tipo de imagem ajude a identificar os problemas no coração de pacientes cardíacos.
FONTE:
BBC BRASIL

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Afeganistão

Taleban usando escudos humanos
18/02/2010
Fonte: AFP
Membros do grupo terrorista Taleban estariam cada vez mais recorrendo ao uso de escudos humanos contra tropas norte-americanas no conflito em Marja, no Afeganistão. Mulheres e crianças estariam sendo colocadas em telhados, e os terroristas estariam atirando detrás delas.
O conflito, que já entrou em seu quinto dia, levou ao deslocamento de 1.240 famílias que viviam na região. As táticas do Taleban estão obrigando os soldados a avançar com mais cuidado, para evitar mais mortes de civis.
FONTES:
OPINIÃO E NOTÍCIA

Estados Unidos

Obama recebe Dalai Lama em meio a críticas da China
Alessandra Corrêa
Da BBC Brasil em Washington
Obama elogiou a iniciativa do Dalai Lama de buscar diálogo com a China
Em uma reunião a portas fechadas, na Casa Branca, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, recebeu nesta quinta-feira o Dalai Lama, em uma visita cercada de polêmica.
O presidente americano e o líder espiritual tibetano se reuniram na chamada Sala dos Mapas.
Logo após o encontro, a Casa Branca divulgou um comunicado em que afirma que “o presidente manifestou seu forte apoio à identidade religiosa, cultural e linguística únicas do Tibete e à proteção dos Direitos Humanos para os tibetanos na China”.
O texto diz ainda que Obama elogiou a estratégia do Dalai Lama de evitar a violência e buscar o diálogo com o governo chinês.
Também afirma que “o presidente e o Dalai Lama concordaram sobre a importância de uma relação positiva e cooperativa entre os Estados Unidos e a China”.
Antes da reunião, assessores do Dalai Lama disseram que ele iria pedir a Obama ajuda na busca de uma solução para a questão do Tibete que seja benéfica tanto para os tibetanos quanto para os chineses.
Em uma entrevista ao sair da Casa Branca, o Dalai Lama afirmou estar honrado com o encontro e disse que discutiu com Obama questões relacionadas à promoção da paz e da harmonia religiosa.
Pressão
O fato de a visita não ter sido pública ou televisionada e não ter ocorrido no Salão Oval, onde geralmente são recebidos líderes mundiais, é visto como uma tentativa do governo americano de aplacar as críticas da China.
O governo chinês considera o Dalai Lama – que vive exilado na Índia há meio século, desde a ocupação chinesa, e ganhou o Prêmio Nobel da Paz em 1989 – um líder separatista e pressionou os Estados Unidos a cancelarem a visita.
No início do mês, o governo chinês chegou a advertir que, caso a visita realmente ocorresse, iria “prejudicar muito as fundações das relações políticas entre os Estados Unidos e a China”.
No ano passado, pouco antes de sua primeira visita a Pequim, Obama já havia adiado um encontro com o líder religioso.
Desta vez, o governo americano defendeu a decisão de receber o Dalai Lama e afirmou que trata-se de “um líder religioso respeitado internacionalmente”.
Antes da visita, um porta-voz da Casa Branca, Robert Gibbs, disse que as relações entre os Estados Unidos e a China são maduras o suficiente para discordar sobre alguns temas ao mesmo tempo em que buscam posisões comuns em questões internacionais.
Agenda
O Dalai Lama chegou aos Estados Unidos na quarta-feira. Logo após o desembarque em Washington, o líder religioso foi para um hotel, onde participou de uma cerimônia em comemoração ao Ano-Novo tibetano.
Nesta quinta-feira, ao chegar à Casa Branca, o líder espiritual foi recebido por apoiadores com bandeiras do Tibete e dos Estados Unidos.
A agenda do Dalai Lama inclui ainda um encontro com a secretária de Estado, Hillary Clinton.
O líder espiritual tibetano já esteve nos Estados Unidos outras vezes, em visitas que também provocaram reações da China.
Em 2007, o então presidente George W. Bush enfureceu os chineses ao não apenas receber o Dalai Lama na Casa Branca em um encontro público, mas também participar de uma cerimônia em que o líder religioso recebeu a Medalha de Honra do Congresso.
Tensões
A polêmica em torno da visita do Dalai Lama é apenas mais um capítulo nas recentes tensões entre os Estados Unidos e a China.
No início do mês, Obama irritou os chineses ao afirmar que iria adotar uma política mais dura para garantir a abertura do mercado chinês às exportações americanas.
Na mesma ocasião, Obama disse que iria garantir que países não levem vantagens desleais sobre o dólar ao desvalorizar suas moedas.
A China é criticada pelos Estados Unidos por manter o yuan artificialmente desvalorizado, o que daria vantagens competitivas a suas indústrias.
Em janeiro, o anúncio de que os Estados Unidos pretendem vender armas a Taiwan também provocou reações da China, que considera a ilha uma província rebelde.
Logo após o anúncio, a China disse que caso a venda, no valor de US$ 6,4 bilhões (cerca de R$ 11,7 bilhões), fosse levada adiante, haveria “repercussões que nenhum dos dois países quer ver”.
Internet
Antes disso, os comentários de Hillary Clinton de que a China restringe a liberdade na internet provocaram reclamações por parte de Pequim.
As declarações da secretária de Estado foram feitas após denúncias do site Google, que disse ter sofrido ataque de hackers da China.
Em um comunicado, o Ministério das Relações Exteriores da China disse que os Estados Unidos deveriam “parar de fazer acusações sem fundamento” contra o país.
Apesar dos pontos de fricção, os Estados Unidos não têm interesse em um confronto com Pequim, especialmente no momento em que precisam do apoio da Chinano Conselho de Segurança da ONU para impor sanções contra o Irã, em razão de seu programa nuclear.
FONTE:
BBC BRASIL

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

VANCOUVER

Vancouver é melhor cidade para se viver
17/02/2010
Vancouver é a melhor cidade do mundo para se viver, de acordo com o índice anual compilado pelo Economist Intelligence Unit (EIU). No ranking de zero a cem, a cidade canadense fica em 98.
Logo atrás segue Viena, com 97,9. No topo se encontram, principalmente, cidades canadenses e australianas. A razão é o sistema de saúde e de educação.
Algumas cidades surpreendem. Detroit, que passa por uma crise financeira séria, se encontra em 40° lugar, na frente de Nova Iorque e Londres. A razão para isto é que nas duas cidades existe medo de ataques terroristas, o que é contabilizado no índice do EIU.
FONTES:
OPINIÃO E NOTÍCIA

MANGA E O CÂNCER

Manga pode prevenir e deter o câncer
Pouco se sabe ainda sobre a manga, esse fruto consumido em larga escala no mundo todo. De acordo com o National Mango Board (dos Estados Unidos), a maior parte das mangas consumidas nos EUA são produzidas no México, Equador, Peru, Brasil, Guatemala e Haiti. Originárias do sudeste asiático e da Índia, ela é produzida em climas tropicais e foi introduzida nos Estados Unidos no final do século 19. Na tentativa de determinar seu real valor nutricional, a organização já encomendou vários estudos para diversos cientistas americanos.
Pesquisadores da Texas AgriLife Research descobriram recentemente uma importante propriedade especial da manga: ela é capaz de prevenir e deter algumas células de câncer de mama e do cólon. Eles chegaram a esse resultado após analisar as cinco variedades mais comuns nos EUA: Kent, Francine, Ataulfo, Tommy/Atkins e Haden. O estudo foi liderado pela dra. Susanne Talcott e pelo seu marido, o dr. Steve Talcott.
Com um poder antioxidante bem menor do que outros alimentos (como o açaí e a romã), muitos poderiam não dar muita importância para a manga. “Ela tem uma capacidade antioxidante por volta de quatro a cinco vezes menor do que uma uva média para vinho, e mesmo assim se mantém muito eficaz na atividade anticâncer. Se você olhar para ela do ponto de vista fisiológico e nutricional, levando tudo em consideração, ela estaria no alto do ranking de supercomidas”, diz a pesquisadora. “Seria bom incluí-la na dieta regular”, completa.
Os Talcotts testaram extratos de polifenol (substância natural das plantas associada à boa saúde) da manga in vitro em células cancerosas do cólon, da mama, dos pulmões, de leucemia e da próstata. Foi obtido algum resultado com a leucemia e os cânceres de próstata e de pulmão, mas a manga foi mais efetiva nos tipos mais comuns de câncer de mama e do cólon.
E o melhor: os doutores testaram a manga também nas células normais do cólon, e estas não foram detidas pelo polifenol. Significa que esse importante alimento pode ser usado sem medo de que as células boas sejam danificadas. “Essa é uma observação geral para qualquer agente natural: eles visam apenas as células cancerígenas, não mexendo com as saudáveis, ou pelo menos as deixando em concentrações razoáveis”, explicou a dra. Talcott.
Os cientistas avaliaram os polifenóis e, mais especificamente, os gallotannins, como sendo a classe de compostos bioativos responsáveis por prevenir ou deter células cancerosas. Tannins são polifenóis que são frequentemente amargos ou secos, e encontrados em sementes de uva, no vinho e no chá.
O estudo constatou que o ciclo celular foi interrompido. Isso é fundamental, diz Suzanne Talcott, pois indica um possível mecanismo de como as células cancerosas são prevenidas ou impedidas.
O próximo passo seria testar a descoberta em humanos, e não mais somente in vitro. Os Talcotts esperam fazer uma pequena prova clínica com indivíduos que aumentaram a inflamação em seus intestinos, apresentando um risco de câncer maior. Segundo a doutora, se houver alguma eficácia comprovada, então seria feito um teste maior para identificar qualquer relevância clínica.
FONTE:
HYPESCIENCE

HERPES

Novo tratamento promete o fim definitivo da herpes
A herpes é uma das doenças mais comuns em todo o mundo, e acredita-se que quase 70% da população já tiveram contato com o vírus que causa a herpes labial e a herpes genital, mesmo sem apresentar os sintomas da doença.
O vírus HPV tem mais de 100 tipos diferentes, e cerca de 30 são os maiores responsáveis pelo desenvolvimento de câncer uterino. O vírus ainda causa verrugas genitais em homens e mulheres, além de lesões em outras partes do corpo. Estimativas apontam que cerca de 32 milhões de novos casos da doença são diagnosticados todo ano, e cerca de 500 mil novos casos de câncer do colo do útero são descobertos anualmente.
Apesar da grande presença da doença em todo o mundo, principalmente em paises mais pobres, onde a incidência do vírus pode chegar a 90% da população, ainda não há um tratamento definitivo e barato contra o vírus. A partir de 2005 foi liberado no Brasil o uso de uma vacina contra a doença, entretanto, a defesa não é completa, e a vacina ainda não tem grande alcance populacional.
Novo tratamento para Herpes
Com base em novas pesquisas que apontam o poder de tratamentos anti-bacteriais e virais com ozônio e outros princípios ativos, a empresa neozelandesa Ostmann criou o medicamento Oxy-Fend. De acordo com a página do produto em creme, a nova fórmula é capaz de matar os vírus que causam a herpes genital e bucal pois combina produtos anti-virais naturais – que não têm resistência pelo corpo – com ozônio, o que cria um ambiente fatal para o vírus. A fórmula é aprovada pelo FDA, órgão responsável pela regulamentação de medicamentos nos Estados Unidos.
O creme Oxy Fend, que no Brasil custa a partir de R$ 50, contém ácido salicílico, que ajuda a remover a pele morta e a renovar a pele com as feridas, além de agir como um anti-séptico, impedindo a proliferação do vírus. Além disso, a nova versão do medicamento utiliza catequinas de chá verde, um tipo de substância com alto poder antioxidante. Um estudo realizado pela Universidade de Buenos Aires descobriu também que a substância retirada do chá verde ajuda no tratamento de herpes.
A pesquisa foi realizada com 502 adultos com feridas e verrugas causadas pelo vírus HPV, que receberam tratamento com um creme com as catequinas em concentrações de 10% ou 15%, enquanto parte do grupo recebeu um placebo. O tratamento foi realizado durante 16 semanas, e ao final da pesquisa as feridas de 57% dos pacientes que utilizaram as catequinas desapareceram completamente. Silvio Tatti, pesquisador que realizou o estudo, mostra ânimo em relação ao uso da substância no tratamento do vírus que causa a herpes, além de muitos outros: “As catequinas do chá verde têm muitas atividades biológicas, e são potentes anti-virais e têm grande atividade antioxidante”, explica.
» Cientistas descobrem processo natural para combater o vírus
Além do uso das catequinas, o produto tem ozônio na sua formulação, substância que é produzida naturalmente pelo corpo para combater infecções. O ozônio aumenta a concentração de oxigênio na região em que é aplicado, e imita a reação do sistema imunológico do corpo, atacando o vírus da herpes e fazendo que ele morra. Diferentemente de medicamentos que destroem células saudáveis enquanto combatem doenças, o ozônio reage como uma resposta natural do corpo, e só mata os vírus e bactérias danosos ao nosso sistema.
Pesquisas inclusive demonstram que o ozônio tem o poder de matar células de HIV in vitro, além do vírus da hepatite. O novo medicamento pode ser comprado online, mas é sempre importante consultar um médico para verificar se o tratamento é indicado para o seu caso.
FONTE:
HYPESCIENCE

ESTUDO

Morre-se de frio por falta de isolamento das casas
por Lusa

Portugal é um dos países da União Europeia onde mais se morre por falta de condições de isolamento e aquecimento nas casas, segundo um estudo de especialistas da Universidade de Dublin que comparou 14 países europeus.
A falta de condições de isolamento das habitações poderá ter estado na origem da morte de quatro idosos em Lisboa, no domingo, uma situação que a PSP já admitiu poder dever-se às baixas temperaturas que se fazem sentir.
De acordo com a investigação, que analisou as potenciais causas da mortalidade no inverno em 14 países europeus, "Portugal tem a maior taxa (28 por cento) de excesso de mortalidade no inverno", seguido de Espanha e Irlanda, ambos com 21 por cento.
O trabalho sublinha um dos paradoxos da mortalidade no inverno: "As maiores taxas de mortalidade ocorrem geralmente em países onde o inverno é menos severo e onde deveria haver menos potencial/tendência para casos de gripe e para a mortalidade relacionada com a gripe".
"Os países com climas mais temperados tendem a ter baixa eficiência térmica nas habitações e por isso é mais difícil manter estas casas quentes quando chega o inverno", refere a investigação.
"Este é em particular o caso de Portugal, Espanha e Irlanda, onde as temperaturas no inverno são comparativamente mais temperadas e as taxas de excesso de mortalidade nesta estação muito elevadas", conclui.

A investigação da Universidade de Dublin, publicada em 2003, analisou durante 10 anos os índices de mortalidade de 14 países, cruzando os dados com informação sobre os factores ambientais, estilo de vida, prestação de cuidados de saúde e gastos nesta área, desigualdades sociais e eficiência energética/isolamento das habitações.
O estudo conclui que a alta taxa de mortalidade nos países do sudoeste da Europa "poderia ser reduzida melhorando a protecção/isolamento das casas ao frio, aumentando o investimento público em cuidados de saúde e melhorando as condições socioeconómicas da população para conseguir uma melhor distribuição da riqueza".
A investigação aponta ainda "níveis exemplares" de eficiência térmica no interior das casas em países com Invernos rigorosos como a Finlândia e a Suécia, onde a totalidade das habitações têm vidros duplos e isolamento térmico nas coberturas, paredes e pisos.
Portugal participa no projecto 'Habitação e Saúde', promovido pela Organização Mundial de Saúde e que pretende estabelecer as relações existentes entre a habitação e a saúde das populações.
Através deste estudo, os municípios podem diagnosticar os principais problemas locais e elaborar plano de acção para reduzir os problemas detectados e melhorar a saúde e a qualidade de vida das populações.
De acordo com os compromissos assumidos pelos 83 ministros das Saúde que participaram em 2004 na conferência em Budapeste sobre a matéria, ficou definida a elaboração de um estudo alargado em Portugal para apontar os problemas específicos das habitações portuguesas e as consequências na saúde.
De acordo com informação da Direcção Geral de Saúde, os resultados deste estudo deverão ser apresentados este ano na 5ª Conferência Ministerial de Ambiente e Saúde, que decorrerá em Parma (Itália).
FONTE:
DN CIÊNCIA - PORTUGAL

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

O QUE SIGNIFICA SER SANTO

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010
O QUE SIGNIFICA SER SANTO
“Ela disse ao seu marido: Tenho a certeza de que esse homem que vem sempre aqui é um santo homem de Deus.” 2 Rs 4.9. (BLH)
Que percepção! De contatos casuais, a mulher do texto formou uma opinião correta sobre Eliseu. Algumas refeições partilhadas, e, ela conheceu a Deus e ao Seu profeta.
O Antigo Testamento traz rituais que tornam objetos santos e separam pessoas como santas. Porém, a santidade de caráter não pode ser passada de um para o outro como uma doença contagiosa. A verdadeira santidade só aparece quando Deus entra na vida humana e transforma o caráter.
O Antigo Testamento pode falar de terra santa, pão santo, lugar santo, templo santo. O Novo Testamento nos instrui a ver a maneira como o Espírito Santo Se manifesta na vida.
A oração do Senhor recita: “Santificado seja o Teu nome.” Isto não significa apenas reverenciar e honrar a Deus. O cristão santifica e honra a Deus por sua obediência diária. Quando um governante ascende à autoridade e recebe poder, seu povo lhe presta homenagens. O cristão que obedece ao Rei dos reis curva-se diante dEle mostrando o domínio e santidade de Deus na própria vida.
Eliseu era diferente em meio a um mundo mau e corrompido. O cristão santificado declara Deus como santo aos olhos do mundo. Cristo quer que nossa vida possa dizer: “Santo! Santo! Santo! Senhor Deus todo poderoso.”
A glória e a santidade andam juntas. Aquilo que é verdadeiramente glorioso é santo. Aquilo que é verdadeiramente santo é glorioso. Deus revela Sua graça salvadora nos declarando justificados mediante o poder de Jesus. Ele quer Se mostrar santo nos santificando através do Espírito.
Deus quer vidas santas que O honrem e glorifiquem mesmo num mundo pecaminoso. Como cristão sua vida tem representado a Jesus? Deus espera que a resposta seja sim!
Feliz semana!!
Pr. Thomas Kloppe Pastor Distrital em Laguna – SC. - BRASIL
FONTE:
A MISSÃO

DROGA PARA FINES RELIGIOSOS

Gobierno brasileño autoriza droga para fines religiosos
La consecuencia de la autorización de esta droga no está en que tan fuerte sea y el daño que pueda causar a los seguidores de estas dos religiones, sino que esto provoque el surgimiento de nuevas religiones o sectas que quieran usar la cocaína, la mariguana u otra droga para realizar sus ritos.
Brasil Viernes 12 de Febrero, 2010 Por Nínro Ruíz Peña
(NoticiaCristiana.com).
Tras años de discusiones y polémicas, el Gobierno brasileño, regido por Luiz Inácio Lula da Silva, ha autorizado algo inusual, el consumo de un alucinógeno en rituales religiosos. La droga se le conoce con el nombre de “ayahuasca daime u hoasca”, era utilizada por los indios de la Amazonia en sus rituales y que todavía sigue vigente en algunas comunidades.
La autorización oficial del alucigeno apareció en el Boletín Oficial del Estado, donde la ley solo permite el uso de la droga, no su comercialización, y pueden usarlo hombres, mujeres incluso embarazadas, jóvenes y hasta niños, siempre que sea durante un rito religioso.
Sin embargo, se exige que nadie abandone el lugar del rito religioso hasta que hayan pasado los efectos de la sustancia, ya que en algún caso, las personas bajo el efecto y fuera del ambiente religioso se les ocurran suicidarse.
Eduardo Suplicy, senador del Partido de los Trabajadores, y el senador del Partido Verde Fernando Gabera, aplaudieron la decisión del Gobierno fundamentando que se ha tratado de un “reconocimiento a las religiones verdaderamente brasileñas”.
Las dos religiones más importantes que en Brasil hacen uso del bebida alucinógena, son: el Santo Daime y la de Unión del Vegetal. La primera cuenta con 5 mil seguidores y está presente también en Estados Unidos, España, Inglaterra y Canadá. La Unión del Vegetal cuenta con 15 mil fieles en Brasil.
La consecuencia de la autorización de esta droga no está en que tan fuerte sea y el daño que pueda causar a los seguidores de estas dos religiones, sino que esto provoque el surgimiento de nuevas religiones o sectas que quieran usar la cocaína, la mariguana u otra droga para realizar sus ritos. ¿Se les prohibiría la autorización después de aprobar el consumo de la ayahuasca para fines religiosos?
FUENTE:
NOTÍCIA CRISTIANA

CÉLULAS CANCERÍGENAS

Descubren el "arma secreta" de las células cancerígenas contra la quimioterapia
En los países desarrollados el cáncer es la segunda causa de mortalidad detrás de las enfermedades cardíacas. (Imagen: ARCHIVO)
-El arma es una proteína que actúa protegiendo a las células malignas.
-Estas proteínas se encargan de echar por tierra los tratamientos contra los tumores y es una de las causas del rechazo a los tratamientos.
-La investigación se centrará ahora en este descubrimiento para dar lugar a células más receptivas a los métodos para combatir el cáncer.
AGENCIAS. 14.02.2010 - 18.29 h
Un equipo de científicos británicos ha identificado el "arma secreta" que utilizan las células cancerígenas para combatir y sobrevivir a los tratamientos con quimioterapia.
El hallazgo realizado por expertos de Cancer Research UK, una organización no gubernamental (ONG) dedicada a la investigación de esta enfermedad, tiene que ver con la estructura de una proteína que se encuentra en el corazón del sistema de defensa de los tumores cancerígenos. Identificada como FANCL, esta proteína ayuda a las células malignas a reparar el daño que sufre su ADN a consecuencia del tratamiento del enfermo con quimioterapia. "Hemos averiguado la estructura del motor del sistema de funcionamiento de la célula", dijo la máxima responsable del estudio, Helen Walden, quien explicó que "si conseguimos detenerlo conseguiríamos células mucho más receptivas a la quimioterapia".
"Hemos logrado la primera fotografía atómica completa de una proteína implicada en el sendero de la reparación de una célula, justo en el mismo corazón de la ruta por la cual la células cancerígenas se defienden de tratamientos que tienen como objetivo destruirlas", señaló esta experta.
Walden añadió que "bloqueando este interruptor de ignición de la reparación de la célula, es posible mejorar los tratamientos tradicionales" y subrayó que este hallazgo puede convertirse en una línea investigadora para la creación de un fármaco específico.
Nuevos fármacos
La conclusión principal de este estudio, que se publica en la revista Nature Structural and Molecular Biology es que un acertado tratamiento contra la FANCL puede ayudar a combatir el cáncer. La doctora Lesley Walker, del Cancer Research UK, subrayó que se trata "de una investigación muy importante", porque "llega hasta el corazón de la táctica tras la que se protegen las células del cáncer frente al tratamiento de quimioterapia".
"Este hallazgo nos da un objetivo prometedor para potenciales fármacos que ayuden a debilitar la resistencia de las células cancerígenas mientras se administra la quimioterapia, para hacer que este tratamiento sea lo más eficaz posible", manifestó.
FUENTE:
20 MINUTOS - ESPAÑA

RETINA RATIFICIAL

Investigadores portugueses mostram retina artificial para cegos (vídeo)
Investigadores de Inesc-ID e do Técnico dão a conhecer o Cortivis.
Com o projecto Cortivis, os investigadores do Inesc-ID querem criar uma retina artificial com uma câmara de telemóvel, um processador e implantes cerebrais. Neste vídeo, pode conhecer os pormenores do projecto.
O Cortivis tem vindo a ser desenvolvido nos últimos três anos, no âmbito de um projecto que envolve outros laboratórios europeus.
Aos investigadores do Inesc-ID e do Instituto Superior Técnico coube a missão de desenvolver as componentes bio-eléctrónicas da futura retina artificial.
Os protótipos desenvolvidos pelo Cortivis são constituídos por duas unidades: uma de uso externo, que contém uma câmara de telemóvel com 1,3MP e um processador que converte imagens em cadeias de sinais eléctricos; e uma segunda unidade que exige o implante de chips no córtex visual do paciente.
As duas unidades comunicam por rádio, evitando o recurso a cabos - e as infecções que daí advêm.
A solução implicou testes em animais, mas ainda não foram feitos testes em humanos - pelo menos, a título oficial.
O projecto Cortivis deverá estar concluído dentro de três anos.
Pode descobrir mais pormenores sobre o Cortivis, na Exame Informática 176, que está nas bancas.
FONTE:
EXAME INFORMÁTICA - PORTUGAL

ESTADOS UNIDOS

ESTADOS UNIDOS
Nos Estados Unidos, a queda de neve provocou vários acidentes em cadeia no Kansas
As colisões envolveram 100 carros. Aconteceram em quatro locais diferentes de uma auto-estrada, durante duas horas. Dois autocarros também estiveram envolvidos nos embates.

FONTE:
RTP - PORTUGAL
http://tv1.rtp.pt/noticias/?t=Nos-Estados-Unidos-a-queda-de-neve-provocou-varios-acidentes-em-cadeia-no-Kansas.rtp&headline=20&visual=9&article=319282&tm=7