terça-feira, 31 de janeiro de 2012

SITES DE BANCOS BRASILEIROS SENDO ATACADOS


Novo medicamento Erivedge (vismodegib)

FDA aprovam medicamento contra câncer de pele mais comum
As autoridades americanas aprovaram nesta segunda-feira um novo medicamento para tratar a forma mais comum de câncer de pele (o carcinoma de células basais), que não costuma ser letal, mas pode se expandir se não for tratado.
O novo medicamento, Erivedge (vismodegib), é fabricado pelo laboratório Genetech, filial americano da gigante farmacêutica suíça Roche e foi aprovado pela Administração de Alimentos e Medicamentos (FDA, na sigla em inglês). Este medicamento é o primeiro efetivo em pacientes cujo carcinoma se expandiu tanto localmente quanto para outras partes do corpo, ou inclusive ter feito metástase.
Um teste com 96 pacientes mostrou que 30% das pessoas com metástase mostraram uma remissão parcial depois de usar o medicamento, uma pílula ingerida uma vez por dia. Entre os pacientes cujo câncer tinha se expandido localmente, 43% tiveram remissão total ou parcial das lesões.
"O medicamento é para pacientes com carcinomas de células basais avançados a nível local, mas que não são candidatos para cirurgia ou radioterapia e para pacientes cujo câncer se expandiu para outras partes do corpo", disse a FDA.
O medicamento inibe as vias moleculares envolvidas no câncer, como a via Hedgehog, disse Richard Pazdur, diretor do Departamento de Produtos de Hematologia e Oncologia do Centro de Avaliação e Pesquisa da FDA. Os efeitos colaterais desta droga incluem espasmos, perda de cabelo, perda de peso, náuseas, diarreia, fadiga, distorção do paladar, vômitos, constipação e perda do gosto na língua.
Anualmente são diagnosticados nos Estados Unidos mais de 1 milhão de novos casos de carcinomas de células basais, porém, menos de 1 mil são fatais, segundo o Instituto Nacional do Câncer.

Peru 145 ferido, 580+ sem casa

Muito forte terremoto: Peru, sobe para 145 feridos, 580+ sem casa
Última actualização: Janeiro 31, 2012
Atualizar 15:45UTC: 3 casas foram destruídas, com uma outra encontrada em Ica província. Todos os outros números abaixo permanecem os mesmos.
Dos 145 ferido, 6 permanecem hospitalizados.
Atualizar 06:15UTC: 145 as pessoas estão a ser reportados feridos (126 da província de Ica (de que 93 from Dist. Ica, 6 do Dist. Ocucaje, 10 from Dist. Parcona, 1 from Dist. Santiago, 6 from Dist. Tinguiña, 10 from de Distdalupe); 12 da província de Pisco; 7 da província de Chincha). Nenhuma morte ter ocorrido em conseqüência do terremoto.
581 pessoas estão desabrigadas de que 559 estão na província de Ica e 22 da província de Pisco. Além, 762 pessoas vivem em edifícios que estão danificados.
2 casas desabaram (1 em Ica e 1 em Pisco), 125 casas estão inabitáveis (119 em Prov. Ica, 6 em Pisco) e um adicional 150 casas foram danificadas em Prov. Ica.
Esses números vão subir nos próximos dias como mais dano é relatado e contados e devem ser vistos como preliminares.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Um terremoto muito forte ocorreu perto de Ica, Peru.
Por Armand Vervaeck e James Daniell
Janeiro 30, 2012
 O centro de Ica - danos deverá ser encontradas como quebra dias. (Wiki Commons, Oliver Etchebarne)
Resumo do terremoto :

125 as pessoas estão a ser reportados feridos
(108 da província de Ica (de que 73 from Dist. Ica, 6 do Dist. Ocucaje, 10 from Dist. Parcona, 1 from Dist. Santiago, 6 from Dist. Tinguiña, 10 from de Distdalupe);
12 da província de Pisco;
7 da província de Chincha).

Asteroide gigante passa esta semana perto da Terra

Astronomia

Asteroide gigante passa esta semana perto da Terra
por Dn.pt   Hoje
O asteroide 433 Eros, passará esta quarta-feira a 26,7 milhões de quilómetros da Terra, naquela que será a sua mais próxima passagem pelo nosso planeta desde 1975.
O 433 Eros é um asteroide de tipo S, que significa que é composto por silicatos de magnésio e ferro. Este tipo de corpos astrais, que representam 17% dos asteróides conhecidos, são muito brilhantes e os mais comuns na galáxia.
Foi descoberto a 13 de Agosto de 1898, pelos astrónomos Carl Gustav Witt e Auguste Charlois. Posteriormente foi calculada a sua órbita e descoberto que tinha uma forma oval, o que o fazia ocultar-se na órbita de Marte. Graças a esta característica puderam realizar-se boas observações do asteroide e a sua posição ajudou a precisar a distância entre a Terra e o Sol.
Em Fevereiro de 2000, a nave espacial NEAR Shoemaker, da NASA, aterrou na superfície do Eros e através de mais de 160 mil imágens da sua superfície, puderam ser identificadas cerca de 100 mil crateras, que ajudaram os astrónomos a perceber melhor a sua composição.
Segundo o jornal espanhol "El Mundo", a NASA afirmou que apesar da proximidade do asteroide, não haverá perigo de colisão com a Terra, uma vez que o mesmo se mantém a "uma distância muito considerável".Nesse sentido, a agência espacial norte-americana informou que o Eros passará a uma distância 80 vezes superior à do asteroide 2005 Yu55, que visitou o nosso planeta em 2011, passando a uma distância inferior à órbita da Lua, sem qualquer tipo de perigo.
O Eros permanecerá visivel até 10 de Fevereiro e, segundo explicaram os especialistas, voltará a passar pela Terra em 2056.

Vaga de frio mata na Europa

Mau tempo
Vaga de frio mata na Europa
Hoje
Aspecto do centro financeiro de Istambul visto a partir da Torre Safira. O frio e a neve perturbaram quotidiano da capital turca Fotografia © Murad Sezer-ReutersO frio e a neve atingem inúmeros países europeus, causando cerca de 50 mortos. Turquia vive inverno mais rigoroso dos últimos 25 anos.
A vaga de frio que se faz sentir na Europa Central e de Leste provocou já a morte de pelo menos 50 pessoas, a anulação de centenas de voo e perturbou consideravelmente o quotidiano em inúmeras cidades.
Só na Ucrânia registaram-se 18 mortes desde o fim de semana, com temperaturas a situarem-se nos 23 graus negativos.
Na Polónia perderam a vida dez pessoas, com as temperaturas a chegarem aos 27 graus negativos.
Nestes dois países, além das perturbações de circulação aérea, terrestre e marítima, foram também encerrados centenas de estabelecimentos de ensino.
Outros países, da Roménia à Sérvia e da Macedónia à Bulgária, estão a ser atingidos por esta vaga de frio que deve fazer sentir os seus efeitos até quinta-feira. Morreram cinco pessoas na Bulgária, quatro na Roménia e três na Sérvia.
Em vários outros países, pelo menos uma pessoa perdeu a vida.
A situação mais grave vive-se na Turquia, que vive um inverno particularmente severo, com temperaturas a ultrapassarem os 15 graus negativos.
Istambul é a cidade mais atingida, tendo as autoridades aconselhado os habitantes a não utilizarem as suas viaturas. Durante o fim de semana foram anulados cerca de 200 voos e o movimento marítimo no Bósforo foi particularmente afetado.
A única vítima até agora foi um migrante ilegal que perdeu a vida quando se encontrava nas margens do rio Evros, na fronteira entre a Grécia e a Turquia, para tentar a travessia. A causa da morte deste palestiniano, cuja idade não foi revelada, dever-se-ia ao frio.
As autoridades conseguiram salvar outros 14 ilegais que se encontravam na mesma região. Dois outros foram dados como desaparecidos.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Pouca proteína antes de cirurgia reduz risco de derrames

Pouca proteína antes de cirurgia reduz risco de derrames
Uma dieta sem proteína alguns dias antes de uma cirurgia aumentou a resistência do organismo e reduziu o risco de complicações como derrames e ataque do coração, segundo estudo publicado na revista médica "Science Translational Medicine".
A pesquisa foi feita em camundongos, mas seus autores acreditam que ela é válida para seres humanos, pois os benefícios de uma dieta restrita, como o prolongamento da vida, já foram observados em várias espécies de seres vivos, de micróbios a primatas não humanos.
]table(articleGraphic).
/3.(articleGraphicSpace).
(articleGraphicCredit). Editoria de arte/folhapress
/3.(articleGraphicSpace).
(articleGraphicImage).
O grupo liderado por James Mitchell, da Escola Harvard de Saúde Pública, estudou camundongos que comiam normalmente e outros que tinham dieta livre de proteínas ou do aminoácido triptofano (aminoácidos são os "tijolos" que constroem as proteínas).
Os camundongos comiam de seis a 14 dias antes de passarem por um estresse que imitaria uma complicação de uma cirurgia --os cientistas induziam um corte na irrigação de sangue para os rins por 35 minutos.
O estudo simulava a chamada lesão de isquemia-reperfusão, isto é, o dano em determinado órgão pela retirada do sangue e o seu retorno (a "reperfusão").
O resultado foi surpreendente: 40% dos camundongos com a dieta normal morreram; todos os que tiveram restrição de dieta viveram.
O resultado pode parecer contraditório, segundo Mitchell, porque faria mais sentido que os animais mais bem alimentados seriam mais resistentes à operação.
A pesquisa pode render um benefício imediato para pacientes, caso os efeitos sejam comprovados em humanos.
"Nosso plano é testar a capacidade da restrição de proteína antes de cirurgia vascular em reduzir a incidência e/ou a severidade de complicações associadas com esse tipo de cirurgia, incluindo ataque do coração e derrame", disse Mitchell à Folha.
A equipe já está nos passos iniciais de um ensaio com a dieta em pacientes de um hospital em Boston, EUA. "É um paradoxo", disse o cirurgião cardiovascular João Nelson Rodrigues Branco, da Unifesp, comentando a pesquisa. "A proteína é um alimento de reconstrução. Uma dieta pobre em proteína não tem reparação dos tecidos", diz Branco.

Pessoas religiosas são mais bem ajustadas psicologicamente?

Pessoas religiosas são mais bem ajustadas psicologicamente?
Uma pesquisa psicológica constatou que pessoas religiosas se sentem muito bem consigo mesmas, com uma tendência a maior autoestima social e melhor ajustamento psicológico que os não crentes.
Porém, um outro estudo descobriu que isso só é verdade em países que dão um valor alto para a religião.
Para os estudos, os pesquisadores utilizaram dados do eDarling, um site de namoro europeu que usa um longo questionário com perguntas sobre quão importante são as crenças religiosas para as pessoas, além de questões de autoestima e o quão psicologicamente bem ajustadas as pessoas estão.
Eles analisaram as respostas de 187.957 pessoas. Como em outros estudos, os pesquisadores descobriram que pessoas mais religiosas tinham maior autoestima social e eram psicologicamente melhor ajustadas.
Mas eles suspeitaram que a razão para isso era que as pessoas religiosas são melhores em viver de acordo com seus valores sociais em sociedades religiosas, que por sua vez deve levar a uma maior autoestima social e um melhor ajuste psicológico.
As pessoas no estudo viviam em 11 diferentes países europeus, desde a Suécia, o país menos religioso do planeta, até a super devotada e católica Polônia. Os pesquisadores usaram as respostas das pessoas para descobrir quão religiosos os diferentes países eram, e depois os compararam.
Em média, os crentes só tinham benefícios psicológicos por serem religiosos se vivessem em um país que valoriza a religiosidade.
Em países onde a maioria das pessoas não são religiosas, as pessoas religiosas não têm maior autoestima. Assim, uma pessoa muito religiosa pode ter elevada autoestima social na religiosa Polônia, mas não na não religiosa Suécia.
Nesse estudo, os pesquisadores fizeram comparações entre os diferentes países, mas um outro estudo encontrou um efeito semelhante dentro de um mesmo país, entre estudantes de universidades religiosas e não religiosas. O mesmo pode ser verdade quando se compara diferentes estados de um mesmo país ou cidades diferentes. Provavelmente é possível simular o mesmo resultado na Alemanha se você comparar a Baviera, onde muitas pessoas são religiosas, e Berlim, onde muito poucas pessoas são religiosas.
Porque ocorreram tantos grandes terremotos ultimamente?
Ultimamente, o que não faltam são notícias sobre desastres naturais, especialmente terremotos.
Estamos ficando loucos, ou realmente estamos experimentando um aumento na taxa de grandes terremotos recentemente?
Especialistas documentaram, por exemplo, que por um período de quase 40 anos (após o terremoto de magnitude 8,7 de fevereiro de 1965 no Alasca), o mundo não viu um único grande terremoto.
Já nos últimos 7 anos desde o final de dezembro de 2004, houve nada mais, nada menos que cinco grandes terremotos – fora os moderados ou pequenos.
Estes incluem três terremotos na Indonésia: um de 2004, em Sumatra (magnitude 9,1), outro em Nias em 2005 (8,7), e um em Bengkulu (8,5) em 2007, além do terremoto no Chile em 2010 (8,8) e o último no Japão em 2011, (9,0).
Bom, pode-se argumentar que isso é uma consequência de melhores instrumentos de medição de terremotos e melhores relatórios desses grandes terremotos.
Sim, isso é verdade. Em 1931, havia cerca de 350 estações sismológicas e, hoje, existem mais de 4.000 estações. Os instrumentos que os sismógrafos usam para medi-los também são muito mais sensíveis.
Graças à internet, agora é possível saber mais sobre terremotos em poucos minutos, ao invés de semanas.
Aliás, os terremotos têm um impacto muito maior hoje do que no passado. Você deve ter notado que o terremoto de 2010 no Haiti, de longe o mais mortal desastre natural na história do hemisfério ocidental, que mataou mais de 200.000 pessoas, não está na lista acima.
Isso aconteceu porque a magnitude do terremoto, 7, não foi tão excepcional. Port-au-Prince foi apenas um infeliz desenvolvimento urbano com uma infraestrutura muito frágil que se agrupou em torno de uma falha geológica.
Os terremotos recentemente se tornaram muito mais proeminentes devido ao seu número de mortos. Podemos acrescentar a isso o efeito do “mundo malvado”, onde as coisas parecem muito pior devido a uma mídia mais voraz.
No entanto, apesar disso tudo “explicar” o aparente aumento recente no número de grandes terremotos, não explica o fato de que este sentimento já foi expresso antes.
Não somos os primeiros a se perguntar: “será que os terremotos aumentaram?”. As pessoas fizeram essa mesma pergunta nos anos 60, depois de um aglomerado de terremotos durante o período de 1950 a 1965.
Ou seja, a questão é: grandes terremotos podem se aglomerar no tempo?
Se sim, isso revolucionaria a nossa compreensão atual da tectônica, porque implicaria que um grande terremoto pode de alguma forma provocar outro a muitos quilômetros de distância, ou coisa parecida.
De certa forma, não é completamente irracional que um terremoto em um lado da Terra possa desencadear outro do outro lado.
Quando um grande terremoto passa, a Terra literalmente vibra como um sino, às vezes por até um mês depois.
Terremotos menores se aglomeram no espaço e no tempo. Eles fazem isso de acordo com a lei de Omori, que diz que a frequência de tremores secundários após um grande terremoto decai inversamente com o tempo.
Isso é devido ao choque do grande terremoto que faz com que todas as outras falhas “escorreguem”. Então, talvez um terremoto no Chile possa realmente fazer com que uma falha no Japão também entre em atrito.
Os cientistas Charles Bufe e David Perkins analisaram as estatísticas e concluíram que na década de 1960, bem como agora, realmente houve aumento da taxa de terremotos.
Eles sugeriram que isso poderia ser provocado por um monte de coisas as quais nós, meros humanos, não entendemos direito, como pressão de poros transitórios induzidos por tensões dinâmicas de ondas sísmicas, ou oscilações livres da terra geradas por grandes terremotos distantes, entre muitas outras coisas.
O ponto é: grandes terremotos parecem se agrupar no tempo. E agora?
Apesar dos dados, das pesquisas, das análises, nós, seres humanos, temos mania de encontrar padrão onde às vezes não há nenhum. Então grandes terremotos se agrupam mesmo ou não?
Parece que, essencialmente, não. Bufe e Perkins analisaram apenas terremotos de magnitude 8,5, que é um limiar, ao invés de um número aleatório.
Se redefinirmos esse número, as estimativas mudam. As chances de haver uma lacuna enorme de grandes terremotos de 1965 a 2000, por exemplo, são muito pequenas. Verifica-se que a probabilidade de que 16 eventos em um intervalo de 111 anos contenham tal lacuna longa é de apenas 1,3%.
A grande questão é: às vezes coisas de baixíssima probabilidade acontecem, e isso não é necessariamente um padrão, é apenas algo muito difícil de acontecer, que aconteceu.
Isso não é o fim da história, no entanto. Apesar de, estatisticamente, grandes terremotos não se aglomerarem, ainda é possível que descobrir que um agrupamento existe, de forma empírica, ou, na falta disso, através de uma explicação mecanicista plausível.
Outra coisa que pode corroborar uma hipótese de agrupamento de terremoto são mais dados. Se tivermos três terremotos de magnitude 8,5 no próximo ano, isso vai desequilibrar a balança para um agrupamento de terremotos. Dado que os últimos três terremotos de magnitude 8,5 mataram mais de 16.000 pessoas, essa seria uma prova bastante agridoce de que eles se aglomeram, não?

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

células madre para ceguera

Terapia prometedora de células madre para ceguera
BBC Salud
Última actualización: Martes, 24 de enero de 2012
Las dos pacientes que sufrían degeneración macular lograron una mejora en la visión.
El primer ensayo en humanos de una terapia de células madre embrionarias para tratar formas de ceguera demostró que la técnica es segura, afirman científicos en Estados Unidos.
Las dos pacientes que recibieron el implante de retina hace cuatro meses, explica el estudio publicado en la revista The Lancet, están progresando bien.
Ambas mujeres, declaradas legalmente ciegas, informaron de mejoras en la visión semanas después de recibir el implante derivado de células madres de embriones.
El avance, llevado a cabo por la empresa de biotecnología Advanced Cell Technology (ACT), es al fin una buena noticia para el atribulado campo de estas terapias que hasta ahora no han logrado progresar en las investigaciones.
Sin embargo, el objetivo del presente estudio era demostrar que es seguro en seres humanos, y todavía deberán pasar años para saber si la tecnología realmente es efectiva en la curación de enfermedades oculares, como la degeneración macular.
La técnica de ACT, probada por los investigadores del Instituto del Ojo Jules Stein en la Universidad de California, Los Ángeles, involucra extraer células inmaduras de un embrión humano las cuales se manipulan en el laboratorio para desarrollar células del epitelio pigmentario retinal (EPR), la capa de células en el exterior de la retina.
El deterioro de las células del EPR puede conducir a daños en la mácula, la parte central de la retina, y a la pérdida de la visión central.
Una de las mujeres, de 70 años, sufría degeneración macular seca, una de las principales causas de ceguera en el mundo, y la otra, en sus 50 años, tenía enfermedad de Stargardt, otra forma de degeneración macular y una de las principales causas de pérdida de visión en jóvenes y adolescentes.
Cada una de las pacientes recibió una inyección que contenía unas 50.000 células de EPR suministrada bajo la retina de uno de sus ojos.
Después de la cirugía, la evidencia estructural confirmó que las células se habían adherido a la membrana ocular, como se deseaba, y continuaron sobreviviendo durante las siguientes 16 semanas del estudio.
Además, dicen los científicos, el procedimiento mostró ser seguro ya que no se observaron signos de rechazo o crecimiento celular anormal.
Efectividad
"Cualquiera que espere que un paciente ciego comience a ver después de un tratamiento de células madre embrionarias para células de EPR, aún si el tratamiento demuestra ser seguro, se arriesga innecesariamente a quedar desilusionado"Dr. Disko Illic
Los investigadores afirman que aunque el objetivo de este ensayo no era demostrar si el procedimiento en realidad funciona, los resultados sugieren que la visión de las pacientes sí logró mejorar.
Pero subrayan que es muy pronto para establecer cualquier conclusión firme y se necesitarán muchos más años de investigación para confirmar que la terapia es tanto segura como efectiva.
"A pesar de la naturaleza progresiva de estas enfermedades, la visión de ambas pacientes pareció mejorar después del trasplante de las células, incluso en los dosis más bajas" expresa el doctor Robert Lanza, jefe científico de ACT y uno de los autores del estudio.
"Esto es particularmente importante importante, ya que el objetivo final de esta terapia será poder tratar a los pacientes en las primeras etapas de la enfermedad, para potencialmente incrementar la probabilidad de un rescate del fotoreceptor y la visión central" agrega.
Por su parte, el doctor Disko Illic, profesor de ciencia de células madre en el King's College de Londres, afirma que éstos son resultados preliminares y no necesariamente podrían llevar a un tratamiento viable.
"La prioridad número uno de un ensayo clínico inicial es siempre la seguridad del paciente", dice el científico.
"Cualquiera que espere que un paciente ciego comience a ver después de un tratamiento de células madre embrionarias para células de EPR, aún si el tratamiento demuestra ser seguro, se arriesga innecesariamente a quedar desilusionado".
El avance, sin embargo, es importante en el campo de terapias de células madre embrionarias que hasta ahora no ha podido lograr frutos.
La empresa de biotecnología estadounidense Geron anunció en 2010 que estaba utilizando estas células para tratar a un hombre paralizado por una lesión de médula espinal.
El ensayo, sin embargo, fue suspendido en noviembre pasado por lo que la compañía dijo eran razones financieras.

Grasas

Si es frito, que sea con aceite de oliva o de girasol
Michelle Roberts
BBC Salud
Última actualización: Miércoles, 25 de enero de 2012
El aceite de oliva es un elemento clave en la dieta mediterránea.
Comer alimentos fritos puede que no sea malo para el corazón, mientras para ello se use aceite de oliva o de girasol, dicen los expertos.
Los investigadores descubrieron que no existe un aumento del riesgo de enfermedades del corazón o muerte prematura relacionada a la comida cocinada de esta forma.
Pero los científicos destacan que sus hallazgos, basados en el estudio de la dieta típica española en la que estos aceites "saludables" se encuentran en abundancia, no se aplica a la manteca de cerdo u a otros aceites.
Por ello, las frituras tradicionales no deben ser algo habitual, informan en la página bmj.com.
Grasas
Actualmente recomendamos cambiar grasas saturadas como la mantequilla, la manteca de cerdo, o aceite de palma, por las insaturadas como forma de mantener bajo el colesterol y este estudio da más razones para hacer ese cambio"  Victoria Taylor, dietóloga de la British Heart Foundation
Cuando los alimentos se fríen ganan en calorías porque la comida absorbe la grasa del aceite.
Y los expertos saben que comer mucha comida rica en grasas puede aumentar la presión arterial y el colesterol, los cuales son factores de riesgo para el corazón.
Para el estudio, los investigadores de la Universidad Autónoma de Madrid relevaron los casos de 40.757 adultos y su dieta.
A los participantes se les preguntó por los tipos de alimentos que comen en una semana normal y cómo se prepara y cocina esa comida.
Ninguno de los adultos tenía signos de sufrir del corazón al comienzo de este estudio de 11 años, pero al final del mismo habían tenido lugar 606 incidentes relacionados con el corazón y 1.134 muertes.
Cuando los investigadores estudiaron los incidentes en particular no encontraron relación con los alimentos fritos de la dieta.
Esto, consideran, se debe al tipo de aceite con el que se cocinan los alimentos.
La dieta mediterráneaEn un editorial, el profesor Michael Leitzman de la Universidad de Regensburg en Alemania sostuvo que "tomado en conjunto, el mito de que los alimentos fritos son en general malos para el corazón no se sostiene en evidencia de la que dispongamos".
"Sin embargo, esto no significa que comer frecuentemente platos como pescado frito con papas fritas no vaya a tener consecuencias en la salud", aclara.
"El estudio sugiere que aspectos específicos de los alimentos fritos son relevantes, como el aceite utilizado, junto a otros aspectos de la dieta", insiste Leitzman.
La dieta mediterránea ha sido largamente aclamada como saludable, abundante en alimentos bajos en grasas, rica en fibras, frutas frescas, vegetales, así como pescado fresco.
Numerosos estudios han mostrado una dieta balanceada como esta puede bajar el riesgo de enfermedades como el cáncer y las enfermedades del corazón.
Los expertos resaltan que los resultados del estudio deben tomarse en cuenta en el marco de la dieta mediterránea.
"Antes de usar la sartén es importante recordar que este es un estudio de la dieta mediterránea, no sobre platos británicos como pescado y papas fritos. Nuestra dieta en el Reino Unido difiere de la española, por lo que no podemos decir que el resultado sería el mismo para nosotros" expresó Victoria Taylor, una experimentada dietóloga de la British Heart Foundation.
"Los participantes del estudio utilizaron grasas no saturadas como los aceites de oliva y de girasol para freír sus alimentos", señala. "Actualmente recomendamos cambiar grasas saturadas como la mantequilla, la manteca de cerdo, o aceite de palma, por las no saturadas como forma de mantener bajo el colesterol y este estudio da más razones para hacer ese cambio", opina Taylor.
"Más allá de los métodos de cocción utilizados, consumir alimentos con alto contenido de grasas significa una alta ingestión de calorías. Esto puede llevar a aumentar de peso y a la obesidad, lo cual es un factor de riesgo para el corazón", recuerda la experta en alimentación. "Una dieta bien balanceada, abundante en frutas y vegetales y con sólo un poco de alimentos ricos en grasas, es lo mejor para un corazón saludable".

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Cómo evitar la gripe

Cómo evitar la gripe
por Andrew Cate
Tomado de El Centinela®
de Enero 2012
--------------------------------------------------------------------------------
La mejor manera de protegerse de cualquier enfermedad es tener un sistema inmunológico vigoroso. Esto permite que su cuerpo combata los virus y las bacterias antes que tomen el control. El invierno es la temporada en que debemos tener cuidado especial para mantener un sistema inmunológico fuerte, de manera que el cuerpo esté mejor preparado para defenderse contra estas temibles infecciones invernales. A continuación presentamos cinco pasos prácticos que ayudarán a su cuerpo a ganar la batalla contra las enfermedades este invierno.
Paso 1. Comer alimentos que combaten la gripe
Una dieta saludable ayudará al sistema inmunológico. Los siguientes alimentos ayudarán a su cuerpo a defenderse eficazmente:
•El brócoli: Excelente fuente de vitamina A y C y ácido fólico, además es rico en compuestos vegetales que tienen propiedades protectoras.
•El ajo: Estimula la multiplicación de células blancas que son las que combaten las infecciones; también contiene alicina, que tiene propiedades antibacterianas.
•La espinaca: Rica en hierro y antioxidantes.
•Los arándanos (blueberries): Llenos de vitamina C, E y antioxidantes que combaten enfermedades.
•La avena: Rica en fibra soluble, que absorbe el colesterol y ayuda establecer un medio saludable en su canal digestivo.
•El agua: Tome de seis a ocho vasos de agua al día para mantenerse hidratado. Esto mantiene las sensibles membranas mucosas del sistema respiratorio superior húmedas y resistentes a las infecciones.
•La calabaza (zapallo o ayote): Rica en carotinoides y vitaminas del grupo B.
•Los productos de soya: Contienen proteínas y una gran variedad de nutrientes. Los productos de soya también son ricos en isoflavonoides, que ayudan a balancear sus hormonas y niveles de colesterol.
Paso 2. Suplemente su dieta
Para asegurase que su sistema inmunológico tiene todos los elementos básicos que necesita para combatir la gripe, asístalo con suplementos específicos. Los siguientes son algunos de los más potentes nutrientes que combaten la gripe:
Suplemento: Propiedades que combaten la gripe
Vitamina C: Aumenta la producción de glóbulos blancos y anticuerpos que combaten las enfermedades, y pueden ayudar a reducir la severidad y duración de los resfriados en algunas personas.
Vitamina E: Antioxidante; ayuda a las células del sistema inmunológico a producir anticuerpos y puede ayudar a revertir parte del deterioro, propio de la vejez, de la función inmunológica.
Equinacea: Un suplemento que activa su sistema inmunológico y ayuda a resistir los virus invasivos.
Caroteno: Se convierte en vitamina A, que tiene propiedades antioxidantes y estimula la resistencia inmunológica al promover la producción de células que combaten las infecciones.
Aceite de hígado de bacalao: Una rica fuente natural de nutrientes que combaten la gripe, incluyendo las vitaminas A y D y el aceite omega-3.
Zinc: Aumenta el número de glóbulos blancos.
Selenio: Tiene propiedades antioxidantes que ayudan a prevenir el daño provocado por los radicales libres.
Paso 3: Sea activo
Hay un vínculo entre el ejercicio moderado y regular y el sistema inmunológico. El ejercicio aumenta momentáneamente la circulación de anticuerpos llamados macrófagos, las células que atacan a las bacterias. Además eleva la temperatura corporal central, lo que aumenta la capacidad del cuerpo para combatir los virus. El ejercicio también provee beneficios indirectos, tales como la reducción del estrés, reducción de la depresión, mejorar el sueño (a menos que haga ejercicio en la noche), y una mejor confianza propia gracias al control de peso. Por otra parte, extensos periodos de entrenamiento intenso sin un tiempo adecuado de recuperación pueden debilitar su sistema inmunológico y aumentar su susceptibilidad a una enfermedad. También es conveniente recortar o dejar el ejercicio cuando esté enfermo. Eso le dará a su sistema inmunológico la mejor oportunidad de combatir una infección sin el estrés adicional del ejercicio.
Paso 4: Duerma más, estrésese menos
El sueño rejuvenece el cuerpo y ayuda al sistema inmunológico a funcionar mejor. El sueño profundo estimula la glándula del timo a producir células T, un tipo de glóbulo blanco que ayuda a rechazar sustancias extrañas y estimula la producción de anticuerpos que combaten las infecciones. El sueño también ayuda a su cuerpo a lidiar con el estrés, que ejerce una poderosa influencia sobre su sistema inmunológico. El estrés activa la secreción de adrenalina y cortisol, hormonas que reducen la capacidad del cuerpo para producir anticuerpos. Es por eso que las personas que están altamente estresadas contraen más resfriados, sufren más problemas del sistema digestivo y tienen periodos más frecuentes de fatiga. Procure dormir por lo menos siete a ocho horas cada noche, y practique técnicas de relajación para ayudar a prevenir el estrés.
Paso 5: Infórmese
Hay varios mitos relacionados con el catarro y la gripe. La verdad es que: Usted no adquiere catarro por el frío sino por exponerse a algún virus. Lo que come no es tan importante como tomar bastante líquido. Si tiene síntomas ligeros de la nariz y garganta, puede hacer ejercicios; si siente dolores, tiene tos o fiebre, es mejor el reposo. La vitamina C no ayuda tanto como se cree, tampoco la equinacea. La sopa de pollo no cura el catarro, pero puede hacer que usted se sienta mejor. Los antibióticos no curan el catarro, pero pueden combatir las infecciones secundarias de la garganta, los oídos o senos paranasales.
--------------------------------------------------------------------------------

Explosão solar pode afetar comunicações na Terra

Explosão solar pode afetar comunicações na Terra
Por Redação
20:20 - 23-01-2012
A NASA anunciou que ocorreu, esta segunda-feira de madrugada, uma explosão solar, classificada como M9, que poderá afetar os sistemas de comunicações na Terra.
O Observatório Solar da NASA alerta o Sol está a passar uma fase «muito ativa», sendo a erupção M9 uma mais fortes que existem e por isso capaz de causar novas explosões solares maiores do que esta.
O Observatório assinalou que a magnetosfera do planeta está atualmente em processo de recuperação da erupção solar, mas que também vai enfrentar uma nova erupção três vezes maior e que pela sua extraordinária velocidade atingirá a Terra esta terça-feira ou quarta-feira.

Crean nanopartículas que refuerzan el sistema inmune

Crean nanopartículas que refuerzan el sistema inmune
BBC Salud
Científicos en Estados Unidos diseñaron unas pequeñísimas cápsulas que pueden simular la función del sistema inmune para reforzar la respuesta del organismo a infecciones.
Las nanopartículas están dirigidas a los ganglios linfáticos, la parte del sistema inmune que se encarga de combatir infecciones.
Las "nanopartículas" sintéticas están dirigidas a los ganglios linfáticos, la parte del sistema inmune que se encarga de reconocer y combatir los agentes foráneos que atacan al organismo.
Contenido relacionadoLa hora del día influye en la vacuna de gripeGen clave en el ataque de enfermedadesNobel de Medicina a la investigación inmunológicaLos ganglios linfáticos están distribuidos en todo el organismo y lo que hacen estas nanopartículas, explican los investigadores del Centro Médico de la Universidad de Duke, es "avisar" al sistema inmune cuando hay una amenaza externa, como un germen o una infección.
En experimentos llevados a cabo con ratones, los compuestos fueron utilizados como parte de una vacuna y lograron mejorar "ampliamente" la respuesta de la inmunización, incluso con infecciones que de otra forma hubieran sido letales.
Tal como expresan los científicos en la revista Nature Materials, los compuestos serán adaptados próximamente para utilizarlos con humanos.
Preparación inmuneActualmente una vacuna involucra la preparación del sistema inmune para que éste pueda reconocer a una bacteria o virus particular y sea capaz de atacarlo rápidamente cuando ocurre una infección.
Además de contener una versión desactivada o debilitada de la bacteria o virus que se desea atacar, muchas vacunas contienen los llamados "adyuvantes", que son sustancias que ayudan a mejorar la respuesta del sistema inmune.
El equipo de Duke basó su estrategia en el mecanismo natural del sistema inmune que involucra un tipo de células llamadas mastocitos, ubicadas en la piel.
La función de estas células es combatir infecciones y para ello se comunican de forma directa con los ganglios linfáticos liberando unos compuestos (pequeñísimas partículas) llamados gránulos.
"Ésta es una aplicación diseñada para suministrar el material correcto en el lugar correcto del organismo para poder lograr la reacción más efectiva del sistema inmune" Dr. Soman Abraham
Se piensa que cuando encuentran una infección de bacteria o virus los mastocitos liberan sus gránulos, los cuales a su vez contiene una sustancia química llamada TNF o factor de necrosis tumoral.
Los TNF viajan hacia los ganglios linfáticos los cuales se encargan de iniciar el ataque del sistema inmune.
El enfoque de los científicos fue crear nanopartículas sintéticas similares a los gránulos, con su propio TNF, para que éstos llevaran a cabo la misma función de los mastocitos para combatir una infección.
Cuando los científicos inyectaron la vacuna que contenía los compuestos, éstos lograron viajar hacia los ganglios linfáticos y liberar su TNF, igual que un mastocito, y lograron producir una respuesta inmune más poderosa.
En la prueba dieron a los ratones una vacuna contra gripe A, la cual contenía los gránulos sintéticos.
Cuando los animales fueron expuestos al virus, a una dosis que normalmente hubiera sido letal, los ratones vacunados lograron combatir la infección y mostraron una mejor tasa de supervivencia que los animales no vacunados.
Los científicos creen que es posible adaptar el compuesto químico de las nanopartículas para crear cápsulas "a la medida" según el tipo de vacuna que se va a suminstrar.
El doctor Soman Abraham, quien dirigió el estudio, afirma que los compuestos individuales que se utilizan en las nanopartículas ya fueron aprobados para uso en humanos en Estados Unidos.
"Hay mucho interés en la terapia basada en nanopartículas" explica el científico.
"Pero nosotros estamos basando nuestros materiales en nuestras observaciones de los mastocitos naturales".
"Ésta es una aplicación diseñada para suministrar el material correcto en el lugar correcto del organismo para poder lograr la reacción más efectiva del sistema inmune" agrega el investigador.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Clima na Rússia atinge situações extremas

Clima na Rússia atinge situações extremas
Especialistas afirmam que condições estão piorando
Os Cientistas, climatologistas e ambientalistas são unânimes em afirmar que as condições climáticas na Rússia atingem cada vez mais situações extremas. Dona de um imenso território, o país possui regiões de permafrost, solo permanentemente congelado, e áreas que já se ressentem do fenômeno do aquecimento global.
A climatologista do Ministério Para Situações de Emergência e Defesa Civil da Rússia, Arina Andrianova, foi encarregada de elaborar estudos sobre a questão. “O aumento da temperatura média na Rússia nos últimos 100 anos tem sido até duas vezes superior ao da temperatura global. Em comparação com o resto do mundo, os efeitos do aquecimento global na Rússia cresceram várias vezes, provocando maiores índices pluviométricos, aumento dos níveis dos rios e, em consequência, cheias e inundações. O fenômeno do aquecimento global tem provocado efeitos até mesmo numa das regiões mais frias do planeta, o Oceano Glacial Ártico. Nos últimos 30 anos, houve uma grande redução das áreas de gelo sobre o mar, e as temperaturas têm oscilado demais na região.”
A diminuição da espessura do solo permanentemente gelado preocupa os cientistas
Os especialistas afirmam que a situação na Rússia é mesmo de extremos, e que estas condições têm-se acentuado nos últimos vinte anos. O diretor do programa climatológico da sessão russa do World Watch Fund (Fundo Mundial Para a Natureza), Alexei Kokorin, afirma que estas mudanças exigem constantes atenções. “O clima da Rússia está cada vez mais desequilibrado. Por isso, todas as previsões que se façam em torno de mudanças ou de possibilidades de ocorrência de catástrofes naturais devem merecer a maior atenção das autoridades. As mudanças climáticas têm forte relação com o aquecimento global e merecem ser analisadas em profundidade. O ideal é o de que o poder público consiga se adiantar aos efeitos das tragédias naturais, salvando vidas e impedindo complicações altamente danosas.”
Por ora, os cientistas consideram que a população da Rússia não deve se assustar pois as mudanças climáticas no país continuarão acontecendo de forma gradual, de modo que todos poderão se adaptar a estas transformações no devido tempo.
A grande preocupação dos especialistas russos, no momento, é a diminuição da espessura do solo do permafrost. Mas eles mesmos admitem que esta é uma questão para muitas décadas e que, por enquanto, a situação atual se manterá.
FONTE

FBI fecha site MegaUpload

FBI fecha site de partilha de ficheiros MegaUpload
Por Redação
23:07 - 19-01-2012
O popular portal de partilha de ficheiros MegaUpload foi encerrado pelo FBI. Quatro trabalhadores foram ainda detidos, por suspeita de infrações relacionadas com direitos de autor e lavagem de dinheiro. O FBI suspeita ainda do envolvimento de três outras pessoas.
Segundo o FBI, este é um dos maiores processos de sempre dos EUA por violação de direitos de autor e estima-se que o portal tenha lucrado de forma criminosa mais de 135 milhões de euros, causando mais de 500 mil milhões em prejuízos para os detentores de direitos de autor.
Foi entretanto divulgado que o administrador-executivo do portal é o músico e produtor americano Swizz Beats, casado com a cantora Alicia Keys.
Swizz Beats não se encontra entre os detidos na operação de encerramento do portal, mas sim o fundador Kim Schmitz, um cidadão alemão que já foi condenado anteriormente por atividades criminosas online.
O MegaUpload permitia a qualquer pessoa colocar ficheiros nos servidores da empresa, que tem sede em Hong Kong, e partilhá-los. Era frequentemente usado para partilhar ficheiros de música, vídeos e software, entre outros, infringindo direitos de autor. O FBI está também a investigar os servidores do site espalhados pelo mundo.

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

O efeito do estresse sobre o câncer

O efeito do estresse sobre o câncer
Atualmente esta provada por varias pesquisas serias que fatores psicossociais ligados ao estresse estão correlacionados com um aumento do risco de câncer em pessoas saudáveis e com a redução dos níveis de sobrevivência em pessoas com câncer. Os autores das pesquisas definem “estresse psicossocial” como uma categoria híbrida que inclui tanto eventos estressantes (tais como a morte de familiares próximos, divórcio, trabalho exaustivo, etc.) e reações individuais a esses eventos, especialmente sentimentos de impotência.
O impacto desses fatores psicossociais na mortalidade por câncer é obviamente, bem menor do que o dos fatores “pesos pesados” como o tabaco ou a obesidade. Mas não é negligenciavel. Na verdade, pode ser comparado ao risco associado com a terapia de reposição hormonal em mulheres na pós-menopausa.
Embora os perigos desse tratamento terem sido amplamente divulgados, nossas autoridades médicas permanecem modestamente silenciosas quanto ás conseqüências igualmente prejudiciais á saúde de estados mentais negativos prolongados. Talvez isso aconteça porque elas não têm certeza sobre como ajudar aqueles que lutam contra tais sentimentos.
Existe algum mecanismo identificável pelo quais estados mentais negativos influenciam o modo como o corpo funciona, facilitam a propagação do câncer ou aumentam a velocidade de progressão?
É possível que o efeito fisiológico não derive diretamente das emoções negativas, mas dos comportamentos de alto risco que costumam acompanhá-las. Por exemplo, uma pessoa deprimida ou desencorajada provavelmente não vai ter a força de vontade necessária para parar de fumar, se alimentar de uma maneira saudável ou se exercitar com regularidade. Seu sono pode ser ruim, ela pode negligenciar o cuidado com o peso, beber demais ou até esquecer-se de tomar a medicação.
Hoje em dia se compreende melhor como a biologia do estresse pode pesar sobre a evolução do câncer. Sabemos que sentimentos de impotência desencadeiam a liberação de hormônios que ativam as funções de “urgência” do organismo – como os mecanismos da inflamação -, que podem facilitar o crescimento e a propagação de tumores.
Paralelamente, o estresse reduz à atividade de todas as funções que podem ser colocadas em “modo de espera”, como à digestão a reparação dos tecidos e o sistema imunológico.
As experiências de vida difíceis, quando temos a sensação de que nossa vida não está mais administrável, ou está nos trazendo mais sofrimento do que alegria, nosso cérebro libera hormônios do estresse como a adrenalina e o cortisol. Eles ativam o sistema nervoso, aceleram o ritmo cardíaco, fazem subir a pressão arterial e tencionam os músculos para que estejam prontos para o esforço ou para aparar os golpes. Essa resposta neurológica é comumente chamada de reação de lutar ou fugir.
Ora, sabe-se hoje que seu efeito se faz sentir bem além.
Estou com câncer e quero viver

ESTOU COM CÂNCER E QUERO VIVER

sábado, 14 de janeiro de 2012

Príncipe herdeiro do Kuwait abandona o Islã e confessa a sua fé em Jesus Cristo

Príncipe herdeiro do Kuwait abandona o Islã e confessa a sua fé em Jesus Cristo
Sabah Al Abdollah é membro da família real do Kuwait que governa o país
O Kuwait é um país do Oriente Médio, vizinhos do Iraque, Arábia Saudita e Irã. Sua capital também se chama Kuwait. Na década de 1990, foi invadido pelo Iraque e defendido pelos Estrados unidos, dando origem a Primeira Guerra do Iraque. O Islamismo é a religião oficial e predominante no país. Estima-se que apenas 4% da população é cristã. O Artigo 2 da Constituição do Kuwait, diz: “O Islã é a religião oficial no país e a Sharia é a principal fonte da legislação”.
De acordo com a agência de notícias cristãs Mohabat, um árabe cristão chamado Al-haqiqa, que transmite programas de televisão via satélite mostrou no ar um arquivo de áudio atribuído ao príncipe Abdollah Al-Sabah. Esse príncipe seria membro da família real do Kuwait que governa o país.
“Em primeiro lugar, eu concordo totalmente com a distribuição desse arquivo de áudio e declaro que, se eles me matarem, por causa disso vou entrar na presença de Jesus Cristo e estar com ele por toda a eternidade. Estou satisfeito, porque a verdade na Bíblia me levou para o caminho certo ” , diz a voz atribuída ao Príncipe Abdollah.
Durante o programa, foi dito que o príncipe renunciou à sua fé muçulmana e se converteu ao cristianismo.
Falando sobre o grupo islâmico que recentemente tomou o poder no Egito, o príncipe do Kuwait declarou que “as muitas comunidades islâmicas sempre quiseram dominar diferentes partes do mundo, mas Deus tem preservado o mundo e ainda o protege. É por isso que temos visto as discrepâncias que aparecem entre os grupos islâmicos que agora estão lutando entre si”.
As declarações do príncipe foram manchetes brevemente em canais de TV a cabo de notícias árabes e também na agência de notícias do governo iraniano. Mas alguns sites xiitas contradizem as declarações atribuídas a Abdollah Al-Sabah dizendo que não há “ninguém na família real do Kuwait com esse nome”.

Satanismo está crescendo entre jovens muçulmanos

Satanismo está crescendo entre jovens muçulmanos
Interesse da juventude árabe, especialmente os iranianos, por Satanás surpreende autoridades
Uma pesquisa recente revela que cerca de setenta grupos satânicos diferentes estão ativos no Irã. Esses grupos têm atraído cerca de dois mil membros em algumas cidades do país.
O fato foi revelado em uma matéria da Mohabat News, Agência de Notícias Cristãs Iraniana.
A reportagem do site diz, “As descobertas durante um show recente de heavy metal comprovou o que governo já indicava como os perigos de tais grupos, pois as questões culturais e morais chegaram a um nível crítico”.
Também foi divulgado que os grupos satanistas são mais ativos nas regiões central e sudoeste do Irã, especialmente em Shiraz (924 km ao sul da capital Teerã) e Karaj (25 km ao norte de Teerã).
Os membros desses grupos estão na faixa etária entre 16 e 24 anos e 90% deles são homens. Poucas meninas demonstram interesse em participar dessas reuniões satanistas. A internet e as reuniões secretas são as principais formas utilizadas para atrair novos adeptos.
Um relatório foi submetido às autoridades do país, indicando que roupas largas, de cores espalhafatosas, anéis com chifres, pulseiras de metal, colares com crânios e cabelos longos ou cabeças raspadas são marcas desses grupos que praticam o satanismo.
Como resultado deste relatório, a polícia tem prestado atenção especial aos satanistas e seus símbolos. De vez em quando a polícia iraniana relata o fechamento de lojas onde que os símbolos e roupas que divulgam o satanismo eram vendidos.
A pesquisa divulgada este mês diz que, segundo especialistas, o satanismo e suas facções enquanto religião não podem existir no mundo islâmico. Eles acreditam que o satanismo está em seus estágios iniciais entre os jovens muçulmanos e muitos não compreendem suas implicações.
No entanto, o envolvimento com o satanismo tem crescido e o ministro de Inteligência do Irã já advertiu os estudantes sobre essas crenças corruptas e heréticas.
O ministro de Inteligência também chamou atenção para as atividades criadas para atrair os jovens para tais grupos. O islamismo tem o mesmo conceito que o cristianismo sobre o diabo. Para eles, o inferno é real e Satanás é um anjo que se opõe a Deus.
“Parece que essa guerra pelas almas dos jovens penetrou a TV e a Rádio oficiais do governo. Um membro desses grupos foi entrevistado e disse que algumas das músicas usadas em comerciais e anúncios para filmes e séries de TV são executadas por grupos que têm ligações satanistas”, acrescentou a Mohabat News.
Os líderes muçulmanos acreditam que a maioria dos jovens muçulmanos que usam símbolos do satanismo estão apenas seguindo uma moda e não sabe nada do seu significado.
A discussão nos países árabes hoje é similar a que ocorreu nos Estados Unidos na década de 1960 e 1970 quando mensagens atribuídas ao demônio eram encontradas em músicas de grupos de sucesso, em especial bandas de hard rock e heavy metal.
Alguns grupos até hoje usam desenhos e fotos fazendo alusões claras ao satanismo na capa de seus discos e nas letras de suas músicas.

Líder de grupo muçulmano defende extermínio de todos os cristãos da Nigéria

Líder de grupo muçulmano defende extermínio de todos os cristãos da Nigéria
Ameaça em vídeo foi postada no Youtube e transmitida pela TV

12 / janeiro / 2012 - 13:37
Líder de grupo muçulmano defende extermínio de todos os cristãos da Nigéria Ameaça em vídeo foi postada no Youtube e transmitida pela TV
Líder de grupo muçulmano defende extermínio de todos os cristãos da Nigéria O líder da seita islâmica Boko Haram disse que as recentes matanças de cristãos nigerianos foram ataques de vingança justificáveis e que o presidente Jonathan Goodluck não tinha poder para evitar a insurgência do grupo.
O vídeo de 15 minutos do líder Abubakar Shekau foi postado no YouTube e reproduzido em parte por vários canais de TV. Seu estilo é similar às mensagens enviadas por grupos muçulmanos como a Al Qaeda, um sinal da influência crescente que outros movimentos jihadistas tem sobre a seita.
“Boko Haram” na língua Hausa significa “a educação ocidental é pecado”, tem cometido assassinatos quase diários de cristãos na região nordeste do país, de maioria muçulmana.
“Os cristãos, todo mundo sabe o que eles fizeram contra nós, muçulmanos… fomos atacados e decidimos nos defender. Porque estamos no caminho certo, Deus nos fez mais fortes”, diz o Imã Abubakar Shekau, que no vídeo aparece sentado segurando dois rifles Kalashnikov e vestindo um casaco camuflado à prova de bala. “Jonathan, (você) sabe muito bem que isso está além de seus poderes”, acrescentou, referindo-se ao presidente.
Shekau é o atual líder da Boko Haram e deseja que a lei muçulmana (sharia) seja amplamente aplicada na Nigéria, o país mais populoso do continente africano. Ele assumiu o poder depois que o fundador da seita, Mohammed Yusuf, foi morto pela polícia em 2009 durante uma revolta na qual morreram 700 pessoas.
“Todo mundo sabe como nosso líder foi assassinado e todo mundo sabe a maneira que os muçulmanos foram mortos”, diz Shekau com ar sereno. “Essa catástrofe é causada pela incredulidade, a agitação é a incredulidade, a injustiça é a incredulidade, a democracia é a incredulidade e a constituição é a incredulidade.”
Os ataques da Boko Haram começaram em pequena escala na cidade de Maiduguri, no nordeste do país. Mas aos poucos foram crescendo e ultimamente têm se tornado cada vez mais sofisticados e ambiciosos.
Em agosto do ano passado, a seita realizou um atentado suicida contra a sede das Nações Unidas na capital Abuja, matando 24 pessoas. No dia de Natal, idealizando explosões coordenadas contra igrejas cristãs, que mataram pelo menos 37 pessoas. Eles dizem que seu objetivo é exterminar todos os cristãos do país.
Os ataques mais recentes têm como alvo apenas os cristãos, mas dezenas de muçulmanos já foram mortos pela seita no passado.
“Qualquer pessoa que nos ataca, iremos atacar de volta, mesmo que seja muçulmano. Vamos matar todos que trabalham contra o Islã, mesmo que digam ser muçulmanos”, disse Shekau no pronunciamento oficial.
Assista:

FONTE

Em 10 anos palestinos poderão ser a maioria em Israel

Em 10 anos palestinos poderão ser a maioria em Israel
Crescimento populacional poderá colocar em risco o futuro do Estado judeu
Algumas autoridades israelenses temem que o crescimento da população palestina possa terminar com a identidade de Israel como um Estado judeu.
De acordo com o Comitê Palestino de Estatísticas Demográfica, o número de palestinos, que vivem principalmente nos territórios ocupados da Cisjordânia e Gaza, superará os israelenses em poucos anos.
Eles projetam que até 2015, o número de palestinos e judeus que vivem em Gaza será igual, cerca de 6,3 milhões de cada etnia, mas até 2020, haverá 7,2 milhões de palestinos e apenas 6,8 milhões de judeus. Quase todos os palestinos são muçulmanos e em uma possível guerra contra Israel, ficariam do lado dos invasores.
A rede de TV Al Jazeera relata que atualmente existem tantas crianças palestinas que as escolas montadas pelas Nações Unidas precisam funcionar sem parar os dois turnos por dia. Dez anos atrás, elas abriam apenas pela manhã.
Para lidar com essa questão dos judeus se tornando a minoria em Israel, muitos sugerem que está na hora de deixar a Palestina ser um Estado independente. Contudo, os nacionalistas da direita israelense ainda controlam o governo e se opõe a esta possibilidade. Outros dizem que essas projeções demográficas não são verdadeiras, mas admitem que a questão gere uma preocupação política.
Yakon Faitelson, um israelense especialista em demografia, acredita que há uma distorção nos números divulgados pelos palestinos, mas não nega que em menos de uma década haverá uma mudança crucial.
Assista reportagem(em inglês):

FUENTE

Meninas são “dedicadas” a prostituição em templo hindu desde o nascimento

Meninas são “dedicadas” a prostituição em templo hindu desde o nascimento
Cristãos fazem movimentação para mudar essa realidade na Índia
Meninas são “dedicadas” a prostituição em templo hindu desde o nascimento Dia 11 de janeiro foi lembrado por cristãos de diversos países como o “Dia de Conscientização sobre o Tráfico Humano”. A iniciativa, promovida por várias missões e igrejas, visa despertar as pessoas sobre uma triste realidade. Em pleno século 21, pessoas continuam sendo compradas e vendidas como se fossem mercadorias.
Na Índia, por exemplo, ter uma filha pode ser um peso para muitas famílias por questões culturais. Por isso, ainda existem paises que optam por dedicar a sua filha aos deuses e fazer dela uma devadasi, uma prostituta do templo.
Assim ela terá uma profissão e uma forma de obter alimento para sua família. Talvez os deuses irão mostrar favor, poupar a vida da esposa e encher seu ventre com o menino, que poderá ser mais um para trabalhar e ajudar na renda doméstica. Para eles, tal sacrifício é pequeno em comparação com o destino de uma família que, caso contrário, poderia morrer de fome.
Na Índia, o sistema devadasi de prostituição nos templos já existe há mais de 5.000 anos, diz David Dass, diretor-executivo da missão India Gospel League. No estado de Karnataka, onde ele vive com sua esposa, famílias que passam fome dedicam centenas de meninas todos os anos à deusa Yellamma. As crianças são forçadas a começar na vida de prostituição com 11 ou 12 anos.
“Desde que nascem elas estão sendo exploradas”, diz Annette Romick, que faz um trabalhado de ajuda humanitária na Índia. ”Então, quando atingem a maturidade, seus corpos são exploradas pelos homens. Mesmo quando seus corpos não são mais desejáveis, ainda são exploradas e abusadas, pois o estigma está sobre elas.
Eles nunca poderão fugir disso. É uma armadilha que as prendeu, é um inferno o que eles estão experimentando”.
O termo devadasi dignifica literalmente “serva de Deus.” Os pais que escolhem dedicar suas filhas recém-nascidas a Yellamma sabem que a menina é considerada “casada” com a deusa e nunca poderá se casar com um homem. Quando a menina atinge a maturidade física, é forçada a iniciar sua vida como prostituta.
“Desde 1982, o sistema devadasi foi proibido pelo governo da Índia”, diz Paul Joseph, um pastor que tem ministério junto às devadasis.”Mas há práticas subterrâneas – ninguém sabe como eles procedem nem como fazem a dedicação”.
Desde que foi proibida a prática devadasi, as mulheres trabalham principalmente em suas casas, apenas visitando o templo para pedir o dinheiro dos fiéis. Muitas dessas prostitutas cultuais são traficadas para as zonas de meretrício de Bombaim, Pune, Bangalore e outras grandes cidades indianas. Às vezes elas recebem uma compensação por seus serviços, às vezes não. As devadasis vivem suscetíveis ao HIV, AIDS e outras doenças sexualmente transmissíveis.
“Nossos pais nos jogaram na rua desde o nascimento. Os homens vêm e nos usam, terminam seu trabalho e vão embora”, diz Sugandha, uma ex-devadasi que hoje recebe assistência de uma ONG evangélica.
Na religião hindu, as devadasis só tem esperança de uma vida melhor através do ciclo de renascimento. ”Suas vidas foram arruinadas e sentem-se como lixo. Acabam de ser usadas e são mais uma vez descartas”, diz Romick.
As devadasis vêm principalmente de famílias pobres da classe dos “intocáveis”, que é considerado o degrau mais baixo da sociedade hindu. “Não são evitadas apenas por causa de sua profissão, mas são rejeitadas pela sociedade em geral por causa de sua casta”, diz Romick.
“Elas precisam conhecer o amor de Cristo, a única maneira que elas vão poder mudar de vida e ser um instrumento para mudar a vida de outras” afirma a missionária, que acrescenta: “precisamos apenas orientá-las, capacitá-las, discipulá-las e enviá-las de volta [para suas comunidades]. Sabemos que o Senhor irá usá-las”.

PAÍSES QUE MAIS PERSEGUEM CRISTÃOS

Confira a lista dos países que mais perseguem cristãos no mundo
Missão Portas Abertas e Compass International fazem avaliação desde 1993
A lista de “Classificação de Países por Perseguição”, publicada pelos ministérios Portas Abertas e Compass International, não traz grandes mudanças este ano em relação ao ano passado.
A Coreia do Norte, pelo 11º ano seguido, é o país que mais persegue os cristãos no mundo. As nações de maioria islâmica ocupam 38 das 50 posições na Classificação.
Os dez lugares mais difíceis para um cristão viver em 2012 são:
1. Coreia do Norte
2. Afeganistão
3. Arábia Saudita
4. Somália
5. Irã
6. Maldivas
7. Uzbequistão
8. Iêmen
9. Iraque
10. Paquistão
O Laos foi o único país que deixou a lista dos dez primeiros, e pela primeira vez o Afeganistão está entre o top 10. Um dos principais motivos para isso foi o ministro cristão Shahbaz Bhatti ser assassinato porque tentou alterar a Lei da Blasfêmia no país.
A Coreia do Norte é um país comunista, com uma “religião” que idolatra seus antigos líderes, como Kim II-Sung e Kim Jong-II, que morreu no final do ano passado. Qualquer pessoa que adore “outro deus” é perseguida. Calcula-se que existem 200.000 a 400.00 cristãos no país. Entre 50 e 70 mil deles estão presos em campos de prisioneiros.
“Com Kim Jong-Un assumindo o poder, é muito difícil determinar como será a vida dos cristãos nessa nova fase”, disse Carl Moeller, presidente do Portas Abertas nos EUA.
“A situação continua perigosa para os cristãos. Devemos orar pela Coreia do Norte, para que todos os cristãos tenham a liberdade de adorar a Deus, e não a Kim Jong-II e Kim II-Sung”, completou.
O país que mais subiu posições na atual da Classificação foi o Sudão, que subiu 19 posições.
O Sudão do Sul, de maioria cristã, se tornou um país independente em 2011. Isso fez com que os cristãos do Sudão fossem ainda mais massacrados pelo governo do presidente Omar al-Bashir.
Quando o presidente mudou a constituição do país, tornou a nação mais islâmica.
A Nigéria também teve um crescimento rápido, pulando 10 posições. No ano passado, mais de 300 cristãos foram mortos. Desde 2009 a seita muçulmana radical Boko Haram destruiu mais de 50 igrejas e matou 10 pastores.
O Egito, que ainda luta para que a nova realidade do país se estabeleça definitivamente, subiu 4 posições. O futuro dos cristãos no país é nebuloso.
Estima-se que existam 80 milhões de cristãos na China, que seria assim a maior nação cristã do mundo, mais ainda sofre com a perseguição. Um fato a comemorar é que os pastores de igrejas nos lares parecem ter aprendido a lidar com a perseguição do governo, fazendo com que sua classificação caísse da 16º para a 21º posição.
No Irã há um crescimento da Igreja em meio à perseguição. Um pastor iraniano afirmou que: “Não estaríamos crescendo se não tivéssemos pagando o preço pelo nosso testemunho”.
A lista com a Classificação de Perseguição é publicada desde 1993. É baseada em um questionário desenvolvido para medir o grau de perseguição em mais de 60 países.
Os questionários são preenchidos pelas pessoas da missão Portas Abertas que trabalham nos países, e os dados são cruzados com peritos independentes. Assim, chega-se a uma pontuação quantitativa por país. A lista classifica os países de acordo com pontos recebidos.
Estima-se que 100 milhões de cristãos em todo o mundo sofrem com mortes, prisão, interrogatório por causa de sua fé em Cristo. Milhões de outras são vítimas de discriminação em grande parte das nações do planeta.
Traduzido e adaptado de Open Doors

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Do que é feita a salsicha? (vídeo)

Do que é feita a salsicha? (vídeo)
Uma das perguntas mais enigmáticas sobre o que o ser humano consome: do que é feita a salsicha?
No vídeo abaixo você vai acompanhar todo o processo que faz deste um dos “alimentos” mais controversos de todos os tempos. Depois de saber como é feita a salsicha, talvez nunca mais você olhe para o cachorro-quente com os mesmos olhos.
Vídeo no Youtube.
Leia as embalagens das salsichas no supermercado!
Vamos analisar, por exemplo, os ingredientes da Salsicha Hotdog 500g, da Perdigão.
(você pode verificar no site da empresa.)
Carne mecanicamente separada de aves, Carne suína, Água, Carne bovina, Proteína de soja, Sal, Amido, Pimenta, Alho, Regulador de acidez: lactato de sódio (INS325), Aromatizantes: aromas naturais (com pimenta, coentro, noz moscada e antiumectante: dióxido de sílicio (INS551i)) e aroma de fumaça, Estabilizantes: triopolifosfato de sódio (INS451i) e pirofosfato de sódio (INS450i), Conservador: nitrito de sódio (INS250), Realçador de sabor: glutamato monossódico (INS621), Antioxidante: isoascorbato de sódio (INS316), Corantes: ácido carmínico (INS120) e urucum (INS160b). NÃO CONTÉM GLÚTEN.
O último ingrediente destacado, o INS120 (ou corante carmin de cochonilha, ou ácido carmínico) é obtido a patir da trituração de pequenos besouros de origem mexicana. O “caldo” que sobra é um vermelho forte usado por algumas empresas em iogurtes, bolachas, sorvetes e outros alimentos para realçar a cor. Fique ligado!
Há alternativas.
Procure salsichas vegetais, veganas. São muito mais limpas e saudáveis. Você pode continuar com o seu cachorro-quente sem comer esse lixo que é a salsicha tradicional.

Sonda russa cai na Terra no próximo domingo

Sonda russa cai na Terra no próximo domingo
Por Redação
22:05 - 09-01-2012
A sonda russa Phobos-Grunt, que tinha por objetivo atingir uma das luas de Marte, sofreu uma avaria e vai cair na Terra no próximo domingo.
A Agência Espacial Russa já começou a contagem decrescente para o impacto da nave com a Terra, o que deverá acontecer no próximo domingo.
«De acordo com os dados em nosso poder e as previsões dos especialistas, o prazo para a queda da nave oscila entre o dias 10 e 21 de janeiro, sendo a data mais provável o dia 15», anunciou a agência espacial.
A sonda pesa 14,6 toneladas, mas a maior parte do seu peso é devido ao combustível, que se queimará à entrada da atmosfera.
Durante a queda, muitas peças manter-se-ão intactas e cairão na Terra, ainda que se desconheça o local preciso.
A nave foi lançada pela Rússia no passado dia 9 de novembro e tinha por missão pousar em Fobos, um dos satélites naturais do planeta vermelho, recolher amostras do solo e regressar à Terra.
Mas pouco tempo após ter sido lançada, a nave não passou de uma órbita baixa e durante alguns dias deixou de dar qualquer sinal. Mais tarde, quando o contacto foi restabelecido, já nada mais havia a fazer do que deixá-la cair.
O local onde cairá só será possível prever com 24 horas de antecedência.

Casamento gay ameaça a humanidade, diz o papa

..Casamento gay ameaça a humanidade, diz o papa
Por Philip Pullella
Reuters
Papa Bento XVI celebra a solenidade de Maria Mãe de Deus (Foto: AFP)
O papa Bento 16 disse nesta segunda-feira (09) que o casamento homossexual é uma das várias ameaças atuais à família tradicional, pondo em xeque "o próprio futuro da humanidade".
Foram as declarações mais fortes já proferidas pelo pontífice contra o casamento homossexual, durante um pronunciamento de ano novo a diplomatas de quase 180 países acreditados no Vaticano, abordando questões econômicas e sociais contemporâneas.
Segundo Bento 16, a educação das crianças precisa de "ambientes" adequados, e "o lugar de honra cabe à família, baseada no casamento de um homem com uma mulher".
"Essa não é uma simples convenção social", disse o papa, "e sim a célula fundamental de cada sociedade. Consequentemente, políticas que afetam a família ameaçam a dignidade humana e o próprio futuro da humanidade".
Em vários países -principalmente no mundo desenvolvido-, autoridades eclesiásticas católicas protestam contra iniciativas voltadas para a legalização do casamento gay. Nos EUA, um dos principais paladinos dessa causa é o arcebispo de Nova York, Timothy Dolan, que será sagrado cardeal pelo papa em fevereiro.
Numa recente carta, Dolan criticou o presidente Barack Obama por sua decisão de não apoiar uma proibição federal ao casamento homossexual, e alertou que essa política pode "precipitar um conflito nacional de enormes proporções entre a Igreja e o Estado".
A Igreja Católica, que tem 1,3 bilhão de seguidores no mundo, prega que as tendências homossexuais não são pecado, mas que os atos homossexuais são, e que as crianças devem crescer em uma família tradicional, com um pai e uma mãe.
"A unidade familiar é fundamental para o processo educacional e para o desenvolvimento dos indivíduos e Estados; daí a necessidade de políticas que promovam a família e auxiliem na coesão social e no diálogo", disse Bento 16 a diplomatas.
O casamento gay já é legal em vários países europeus, como Espanha e Holanda. Algumas religiões que autorizam o casamento gay e a ordenação de mulheres e homossexuais como clérigos têm perdido fiéis para o catolicismo, e o Vaticano já tomou medidas para facilitar tais conversões.
Em 2009, Bento 16 decretou que os anglicanos que se converterem ao catolicismo podem manter uma hierarquia paralela, preservando parte das suas tradições. Grande parte dessa migração do anglicanismo para o catolicismo envolve fiéis que consideram a Igreja Anglicana liberal demais.

Una aspirina al día, más riesgos que beneficios

Una aspirina al día, más riesgos que beneficios
BBC Salud
Última actualización: Martes, 10 de enero de 2012
Estudios en el pasado han mostrado que consumir una dosis pequeña de aspirina diariamente puede ofrecer beneficios a la salud, como reducir el riesgo de algunos tipos de cáncer o prevenir un infarto o accidente cerebrovascular.
Un efecto secundario conocido de la aspirina es el riesgo de hemorragia interna.
La aspirina -el medicamento más usado en el mundo- es un analgésico que reduce el dolor, pero también tiene propiedades antiinflamatorias y se cree que inhibe la adherencia de plaquetas en los vasos sanguíneos.
Por eso muchos médicos recetan aspirina para la prevención de enfermedades cardiovasculares, como infarto y accidente cerebrovascular.
Ahora, sin embargo, una investigación llevada a cabo con más de 100.000 pacientes, encontró que el fármaco, tomado diariamente, puede hacer más daño que beneficio a una persona sana.
Según el estudio publicado en Archives of Internal Medicine (Archivos de Medicina Interna), el riesgo de sufrir una hemorragia interna -uno de los efectos secundarios de la aspirina- es muy alto entre quienes la toman todos los días.
Los científicos de la Universidad de Londres, quienes realizaron el estudio, concluyen que sólo las personas con un historial de problemas cardíacos o cerebrovasculares deben tomar las tabletas.
Pero la decisión final, agregan, debe ser tomada con el médico.
La aspirina es rutinariamente recetada a la gente que ya ha sufrido un infarto o accidente cerebrovascular.
Se sabe que el fármaco previene la formación de coágulos en las venas y arterias evitando que las plaquetas que circulan en la sangre se mantengan unidas.
Al reducir la formación de coágulos, las tabletas reducen el riesgo de sufrir otro evento cardiovascular.
Otras investigaciones amplias también han demostrado que el fármaco puede prevenir algunos de los tipos de cáncer más común.
Pero uno de sus efectos secundarios más conocidos es el riesgo de provocar una hemorragia interna, incluida una cerebral.
Por eso hasta ahora la comunidad científica ha estado debatiendo si sólo las personas en riesgo deberían tomar aspirina o también los adultos sanos.
En el Reino Unido, las recomendaciones de las organizaciones de salud establecen que los pacientes de alto riesgo cardiovascular mayores de 50 años pueden tomar 75 mg de aspirina diariamente.
¿Buena o mala?Pero en 2008, el Boletín de Fármacos y Terapias del Reino Unido estableció que la aspirina como preventivo sólo debe ser recomendado cuando ya hay evidencia de enfermedad cardiovascular.
La nueva investigación analizó los datos de nueve ensayos clínicos en los que participaron 102.621 pacientes.
La gente que no tiene enfermedad del corazón sintomática o diagnosticada no debe tomar aspirina porque el riesgo de una hemorragia interna puede superar los beneficios. Si usted está tomando aspirina recetada y tiene alguna preocupación, no deje simplemente de tomarla. Lo primero que debe hacer es consultar a su médico" Fundación Británica del Corazón
Encontraron que, aunque hubo una reducción de 20% en los infartos no fatales entre las personas que tomaban aspirina, no hubo una reducción en las muertes por infarto, enfermedad cerebrovascular o cáncer.
Y sin embargo, el riesgo de una hemorragia interna potencialmente letal se incrementó 30%, afirman los científicos.
"Por cada 73 personas tratadas en un período de seis años veremos una de estas hemorragias no triviales", explica a la BBC el profesor Kausik Ray, del Hospital St George en Londres, quien dirigió el estudio.
"Por cada 160 personas tratadas en ese mismo período, estaríamos previniendo un infarto que de cualquier forma probablemente no hubiera sido letal".
"Esto sugiere que el beneficio neto de la aspirina no se encuentra allí y ciertamente ésta no prolonga la vida. De hecho, si se piensa bien, más que beneficio neto hay, un daño neto", agrega el científico.
Este estudio siguió a los pacientes durante un promedio de seis años.
Pero otra investigación dirigida por el profesor Peter Rothwell de la Universidad de Oxford, que siguió a pacientes durante más tiempo, encontró que las personas que tomaban diariamente una dosis pequeña de aspirina podían reducir, a largo plazo, el riesgo de varios tipos de cáncer.
Según el profesor Rothwell, esta nueva investigación "estuvo muy bien hecha, pero no creo que haya logrado un avance en los argumentos".
"En realidad sólo subraya la necesidad de llevar a cabo análisis más detallados sobre cómo los riesgos cambian a través del tiempo".
Natasha Stewart, de la Fundación Británica del Corazón, expresa que "la aspirina puede reducir el riesgo de infarto o accidente cerebrovascular entre los pacientes con enfermedad cardiovascular conocida y este grupo de personas debe continuar tomando aspirina si así lo recetó su médico".
"Nuestra recomendación es que la gente que no tiene enfermedad del corazón sintomática o diagnosticada no debe tomar aspirina porque el riesgo de una hemorragia interna puede superar los beneficios".
"Si usted está tomando aspirina recetada y tiene alguna preocupación, no deje simplemente de tomarla. Lo primero que debe hacer es consultar a su médico", agrega la experta.