quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Paracetamol demais pode matar

Paracetamol demais pode matar
Cientistas advertem para 'overdose' do medicamento, que provoca lesões hepáticas
23/11/2011
Tomar Paracetamol demais todos os dias pode ser fatal, advertem especialistas. Para se submeter a uma dosagem perigosa, basta apenas alguns comprimidos tomados regularmente ao longo de dias, semanas ou meses, disseram eles. Pesquisadores da Universidade de Edimburgo detectaram 161 casos de “overdose escalonada” no seu hospital durante um período de seis anos. Quem toma comprimidos para a dor crônica pode não perceber que estão tomando demais, nem reconhecer os sintomas de overdose e de lesões hepáticas, disseram eles.
Em entrevista ao British Journal of Clinical Pharmacology, os pesquisadores disseram que, mesmo provocando risco de vida, pode passar facilmente despercebida por médicos e pacientes.
Médicos não podem, inicialmente, detectar o problema, já que exames de sangue não mostram os níveis incrivelmente altos de paracetamol, visto com uma overdose convencional, onde alguém pode ter ingerido vários pacotes da droga. Doentes que tenham tomado uma overdose escalonada tendem a se sair pior do que aqueles que tomaram uma overdose de grande porte, o estudo sugere.
Dr Kenneth Simpson e seus colegas analisaram os registros médicos de 663 pacientes com lesão hepática induzida por paracetamol encaminhados à Unidade de Transplante de Fígado escocês no hospital universitário.
Os 161 que tinham tomado uma overdose escalonados eram mais propensos a desenvolver problemas no fígado e cérebro e precisaram de ajuda para respirar e de diálise renal. Eles também foram mais propensos a morrer de complicações.
“Eles não tomaram o remédio em um único momento, uma overdose maciça para tentar se suicidar, e sim acumularam dosagens menores ao longo do tempo e os danos se acumularam. O efeito pode ser fatal”.
O professor Roger Knaggs, da Pharmaceutical Royal Society, disse que os pacientes devem prestar atenção à advertência.
“Se as pessoas experimentam dor e o paracetamol não ajuda, ao invés de tomar mais uma dose, devem consultar o seu farmacêutico para um controle de dor alternativo ou ser encaminhados a alguém que possa ajudar a se livrar da dor”.
“A mensagem é clara: se tomar paracetamol mais do que é recomendado, você não irá melhorar a sua dor, mas você poderá danificar seriamente a sua saúde.
“Nesta época do ano as pessoas também devem tomar cuidado com a combinação de frio e produtos contra a gripe. É fácil tomar mais do que o pretendido, por isso em caso de dúvida consulte o seu farmacêutico.”
Enquanto isso, os pesquisadores do Kings College London e da Universidade de Lund, na Suécia dizem ter descoberto precisamente como paracetamol funciona no organismo. É através de uma proteína em células nervosas chamadas TRPA1, informa a Communications Nature. Entendendo este mecanismo principal, os cientistas podem começar a procurar moléculas que funcionem da mesma maneira no alívio da dor, mas que sejam menos tóxica e não possam levar a complicações graves de sobredosagem.

Um comentário:

  1. ESSE 'MITO' DE QUE PARACETAMOL MATA,JÁ FOI DESMASCARADO PELO E-FARSAS.COM, HÁ TEMPOS!
    Uma rápida busca por “Dr Renan Marinho” n Google nos leva à página do próprio doutor, onde ele mesmo explica (em 2011!) que NÃO é de sua autoria o texto que circula pela web e atribuído a ele!
    Apesar de inúmeros estudos que estão sendo feitos a respeito do medicamento, seu uso ainda é liberado no mundo todo. O que é proibida nos Estados Unidos, desde a década de 1970, é a venda da dipirona sódica.
    Quanto ao parágrafo que diz que na Grã-Bretanha o Paracetamol é usado para suicídio, fica a dúvida de onde foi tirada tal informação. Há muitos relatos na internet de pessoas que tentaram suicídio se enchendo desses comprimidos e não obtiveram êxito.
    Outra dúvida que surge ao lermos o parágrafo é: Se o medicamento é proibido, nesses países,como que os suicidas conseguem compra-lo?
    O artigo intitulado “As Origens dos Mitos sobre a Segurança do Paracetamol” diz (em inglês) que dos casos de morte por uso de medicamentos na Grã-Bretanha, 5% foram em decorrência do uso do Paracetamol. Apesar disso, de 97 a 98% desses casos ocorreram por causa do uso exagerado (superdosagem) do produto.
    Outro trecho que chama a atenção no texto:
    “Tomando 10 comprimidos do veneno chamado PARACETAMOL, em cinco dias seu fígado é destruído e se, não fizer transplante, morre.”
    Novamente, o autor não conseguiu explicar de onde foi tirada essa informação. Se eu tomar 10 comprimidos por dia? Se eu tomar 10 comprimidos em 5 dias? Meu fígado vai ser destruído se eu estiver com dengue?
    IMPORTANTE dizer aqui que, assim como todo medicamento, O consumo acima do recomendado na bula pode fazer muito mal a sua saúde!
    Um estudo feito entre 1992 e 2008, em Edimburgo (Reino Unido), mostrou que a overdose(excesso total) do Paracetamol pode causar problemas nos rins, fígado e cérebro.
    Fique esperto quanto a isso!
    Fique esperto também que o uso do Paracetamol não é indicado para uso em pacientes com suspeita de dengue. Também não é bom misturar medicamentos com álcool.
    Conclusão:
    A notícia é FALSA!! Talvez, a intenção de quem inventou o boato podia ter sido a melhor de todas, mas ao inventar trechos e dar o tom alarmista ao texto, o autor se perdeu e acabou criando uma lenda que dura há mais de uma década na web. O aviso não partiu do Dr. Renan Marinho, mas é importante não exagerar nas doses desse ou de qualquer outro medicamento! Em caso de dúvida, procure um médico (sei que é não e fácil marcar uma consulta, mas…).
    LEIA MAIS: http://www.e-farsas.com/paracetamol-tylenol-destroi-o-figado-verdade-ou-farsa.html#ixzz2URDPlLky
    Read more: http://www.e-farsas.com/paracetamol-tylenol-destroi-o-figado-verdade-ou-farsa.html#ixzz2URCtaNGK

    ResponderExcluir